ACOMPANHAMENTO CINÉTICO DA FERMENTAÇÃO DE KOMBUCHA À BASE DE CHÁ VERDE E ERVA-MATE (Ilex paraguariensis)

Vol 1, 2023 - 157799
Oral - Presencial
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a influência da substituição parcial do chá-verde pela erva-mate na cinética de fermentação (pH, sólidos solúveis toais e acidez) das kombuchas. Três formulações foram elaboradas: T1 (1% de chá-verde), T2 (0,75% de chá-verde e 0,25% de erva-mate) e T3 (0,5% de chá-verde e 0,5% de erva-mate). Com isso, observou-se que a substituição parcial do chá-verde pela erva-mate influenciou os parâmetros fermentativos avaliados, em especial, o pH e a acidez total. Desta forma, a substituição parcial do chá-verde por erva-mate demonstrou ser uma alternativa viável para a diversificação na formulação desta bebida através de matérias-primas de grande importância cultural e nacional.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Instituições
  • 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina
  • 2 Universidade Federal de Santa Catarina
Eixo Temático
  • DT 2 - Meio ambiente, tecnologias e os desafios à sustentabilidade no contemporâneo
Palavras-chave
análises físico-químicas
Parâmetros fermentativos
chá fermentado