Other

Marina Strube Cardoso and 1 other person replied to the topic "Aparato reacional"

Publication: AVALIAÇÃO DA PERFORMANCE DE CATALISADORES DE NIÓBIO E DE ÓXIDOS MISTOS ZnO-Nb2O5 NA DEGRADAÇÃO DO AZUL DE BROMOFENOL COM E SEM ADIÇÃO DE AR SINTÉTICO

Boa tarde, Marina. Observando a figura apresentada do aparato reacional, não aparenta que existe uma boa otimização de incidência dos fótons no reator cilíndrico. Foi feito algum teste, por exemplo com um radiômetro, para garantir que os fotocatalisadores conseguissem apresentar uma formação de pares elétron-buraco desejada? Além disso, foi utilizada radiação na região do visível de acordo com o que foi falado e pela lâmpada usada, no entanto, os valores de band gap apresentados estão para a região do ultravioleta. Qual o motivo desta escolha, sem ter sido, aparentemente, realizada uma estratégia de redução do band gap do Nb2O5?
Question

Glaucio José Gomes and 1 other person replied to the topic "Curiosidade sobre el proceso de pirolisis"

Publication: ANALISIS DE LA OBTENCION DE LIQUIDOS EN LA PIROLISIS CATALITICA DE POLIPROPILENO USANDO ZEOLITAS NATURALES ARGENTINAS

Hola interesante trabajo. Mismo presentando una baja SBET los resultados presentados son muy buenos. Ustedes testaran otros catalizadores zeoliticos comerciales para mirar se la selectividade de produtos de pequeño peso molecular se da por la presencia de los sítios ácidos activos o la morfologia de los poros favorece estes resultados presentados en la Fig 3. O sea para ese processo no es necesario tener un material con grand area especifica y si un material con grand cuantidad de sitios ácidos. Los autores avaliaran la estabilidad de los catalizadores C1, C2 y C3? Gracias por la atención. Glaucio
Question

Glaucio José Gomes replied to the topic "Estabilidade de adsorção e destino final"

Publication: AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE REMOÇÃO DO CARVÃO DA CASCA DA CASTANHA DE CAJU APÓS MODIFICAÇÃO QUÍMICA E TÉRMICA

Parabéns ao grupo pelo interessante trabalho usando um rejeito local (Casca da Castanha de Cajú). Os autores comentam...''O uso do resíduo sólido do carvão da casca da castanha de caju como bioadsorvente modificado é uma alternativa relevante para o descarte desses resíduos e ainda possibilita agregar valor econômico a um subproduto que seria descartado..." Assim pergunto, esse biosorvente pode ser reutilizado quantas vezes e após estar saturado com o contaminante especificado no trabalho qual seria o destino do mesmo? Atenciosamente, Glaucio
Question

Glaucio José Gomes and 1 other person replied to the topic "Acidez das amostras ZSM-5"

Publication: CONVERSÃO DE DERIVADOS DA BIOMASSA LIGNOCELULÓSICA UTILIZANDO ZEÓLITAS HIERÁRQUICAS ZSM-5 COMO CATALISADOR

Interessante trabalho no qual os autores realizam um processo de dessilicalização. Qual a faixa de temperatura na qual os autores realizaram os experimentos de caracterização de TPD-NH3? (essa informação não esta clara no trabalho escrito). Nesse sentindo curiosamente as amostras Z23 e Z38  indicam que a acidez total diminui quando comparado com o material comercial e o material dessilicalizado, porém ao observar as amostras Z48 e Z50 os resultados são o oposto. Nesse caso essas medidas não deveriam seguir a mesma tendência que seria diminuir a acidez?. Os autores mostram que o material dessilicalizado por apresentar porosidade secundaria possui maior atividade catalítica. Nesse sentido a presença de Al extra rede também não seria um importante fator a ser avaliado uma vez que essas espécies podem colaborar para maximizar a atividade dos sítios ativos. Os autores tem alguma informação se essas espécies são benéficas nesse processo. (Trabalhos recentes do grupo dos professores Pedro Arroyo, Claudio Mota e Pierre mostram que essas espécies colaboram para maximizar a atividade catalítica em algumas reações). Atenciosamente, Glaucio
Question

José Lucas Vieira and 1 other person replied to the topic "Algumas dúvidas"

Publication: THERMOKINETIC AND THERMODYNAMIC PARAMETERS FOR CATALYTIC PYROLYSIS OF MDF OVER BETA ZEOLITE SUPPORTED NICKEL

Olá Mateus, tudo bem? Antes de tudo gostaria de parabenizar pelo excelente trabalho e pela ótima apresentação! Tenho uma sugestão e uma dúvida, na verdade. A minha sugestão é que em uma próxima apresentação você apresente os métodos de cálculo de energia de ativação (Friedman, Kissinger e Ozawa) para que a audiência se situe sobre como o cálculo foi feito. Como eu não sou da sua área, gostaria de pelo menos ver de fato como vocês obtiveram seus resultados termodinâmicos. Agora sobre a dúvida, você poderia me explicar, por favor, qual o significato do parâmetro entropia nos seus resultados? O que significaria por exemplo apresentar a menor entropia dentre os catalsadores estudados (catalisador MB3Ni)? Desde já, muito obrigado pela atenção! José Lucas.
Compliment

José Lucas Vieira replied to the topic "Elogio e algumas dúvidas"

Publication: TOWARDS UNDERSTANDING THE ROLE OF DIFFERENT METAL OXIDES IN THE ACETONE HYDRODEOXYGENATION REACTION

Olá, Guilherme! Primeiramente gostaria de parabenizar pela sua apresentação, que está muito clara, concisa e objetiva; e pelo trabalho, que é muito interessante e apresenta resultados muito bons!  Tenho uma dúvida sobre os resultados finais que você apresentou no seu trabalho: vocês teriam alguma hipótese sobre os sítios ativos no seu melhor catalisador de cobalto e sobre o mecanismo reacional dos produtos obtidos? Como você comenta, tal catalisador foi o melhor por apresentar a sinergia entre 3 espécies de cobalto, no entanto não ficou muito claro para mim qual é(são) a(as) espécie(s) ativa(s) e o por quê que de fato ele é o melhor dentre os seus catalisadores. Desde já, muito obrigado! José Lucas.
Question

Larissa Gonçalves Ribeiro and 1 other person replied to the topic "Atividade fotocatalítica do TiO2 "

Publication: INCORPORAÇÃO DE TiO2 NA ESTRUTURA DO KIT-6 ATRAVÉS DO MÉTODO DE ANCORAGEM IN SITU (ISA) PARA IMPLICAÇÃO NA FOTODEGRADAÇÃO DO CORANTE RODAMINA B.

Bom dia, Larissa. Foi falado sobre a menor quantidade de TiO2 na KIT-6 em relação aos resultados de degradação com o TiO2 puro. A zeólita/suporte interfere na absorção dos fótons pelo dióxido de titânio (reduzindo a cinética de degradação, como observado) ou ela é "transparente" para a faixa de radiação de interesse? Caso a KIT-6 não interfira na absorção de fótons, um teste com uma menor quantidade de TiO2 puro vai resultar no mesmo perfil de degradação que a KIT-6/TiO2?
Question

José Lucas Vieira and 1 other person replied to the topic "Some doubts"

Publication: SÓLIDOS ÁCIDOS SBA-15 MODIFICADOS CON ZIRCONIO Y ESTAÑO PARA LA OBTENCIÓN DE 5-HMF A PARTIR DE LA DESHIDRATACIÓN DE FRUCTOSA

Hello, Elliana Diguilio and coworkers! First of all, I would like to congratulate you for the research! I also have been working with the conversion of monosaccharides into platform molecules and it is a pleasure to exchange some knowledge in here with all of you! I have some doubts: i) In the XRD diffractograms I noticed a signal at 2theta of 40° for the catalysts which contain Zr. Can be this signal related with crystalline Zr species (ZrO monoclinic or tetragonal)? ii) Have you done blank experiments, such as, only with SBA-15 or SBA-15-Zr? (iii) In our research we have been noticing that high Bronsted acidity strength favores the HMF hydrolysis to levulinic acid and formic acid (equimolar). For the catalyst with higher B/L ratio, have you noticed levulinic acid production? Thanks for your attention! José Lucas.
Suggestion

José Lucas Vieira and 1 other person replied to the topic "Olhando os resultados por um outro ponto de vista"

Publication: CONVERSÃO DE GLICOSE A LEVOGLUCOSANA USANDO RESINAS POLIMÉRICAS E SBA-15 SULFONADA

Olá, Simone! Gostei demais da sua apresentação e de seus resultados, parabéns! É sempre muito interessante observar os trabalhos do grupo do Prof. Marco Fraga, que abordam áreas muito parecidas com as dos nossos trabalhos aqui do grupo do Prof. Jean Gallo da UFSCar. Eu tenho na verdade uma sugestão, um outro ponto de vista de interpretação de seus resultados catalíticos. Observando o seu screening catalítico, percebe-se que o catalisador com sílica de fato apresentou o pior resultado inicial, o que foi dado pela baixa densidade de sítios ácidos. No entanto se você analisar tais resultados pelo numero de turnover de conversão do reagente (TONc = mol glicose convertida/mol sítios ácidos) ou produção do produto (TONp = mol levoglucosana formada/mol sítios ácidos) tais resultados podem mostrar um tendência diferente, podendo até o catalisador de sílica apresentar melhor resultados de TON que os demais (pela baixa concentração de sítios ácidos). Dessa forma, você estaria também normalizando seus resultados por sítio catalítico. Muito obrigado pela atenção,  José Lucas.  
Question

Nayara eneias Souza and 1 other person replied to the topic "Processo reacional"

Publication: PRODUÇÃO DE BIODIESEL A PARTIR DE CATALISADORES DE MoO3 OBTIDOS POR DIFERENTES MÉTODOS

interessante trabalho. Qual o motivo para combinar dois catalisadores para transesterificar do oléo de sója? a zeólita ZSM-5 possui a maioria dos centros ativos no interior dos poros/cavidades ou seja a acessibilidade do triacilglicerol é inviável  então a estrutura da SBA-15 com a espécie de MoO3 ancorada deveria por si só ser ativa. Talvez realizara reações para cada catalisador separada e depois anconrando MoO3 poderiam dar uma ideia dos sistemas apresentados. Algo nesse sentido foi realizado anteriormente? . Um comentário muito legal foi a análise do produto obtido, mostrando que a acidez dos produtos obtidos para um dos catalisadores aumenta é possível verificar se no produto alvo tem espécies do catalisador (como isso poderia ser verificado)?  Atenciosamente, Glaucio
Question

José Lucas Vieira and 1 other person replied to the topic "Algumas Dúvidas"

Publication: SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE CARVÃO SULFONADO APLICADO NA ISOMERIZAÇÃO DO LIMONENO Á PRODUTOS DE ALTO VALOR AGREGADO

Olá, Gabrielle e colegas! Antes de tudo, gostaria de parabenizar pelo excelente trabalho! Desde o último CBCat venho acompanhando os trabalhos do Prof. Wagner, por trabalhar com catalisadores parecidos com os nossos aqui da UFSCar, que são os carbonos sulfônicos.  Tenho duas dúvidas, Gabrielle: i) vocês teriam alguma ideia do mecanismo reacional de isomerização do limoneno para esses produtos, e assim explicar porque o terpinoleno é o principal produto obtido? ii) Tendo os catalisadores apresentado a mesma quantificação de sítios ácidos, porque o catalisador preparado a 6 h é melhor que os demais? Vocês tem alguma hipótese sobre isso? Desde já, muito obrigado pela atenção! José Lucas.