78259

Os Apóstolos de Cristo: Entre a Imitatio Christi e os Exercícios Espirituais (Séculos XIV a XVI)

Favoritar este trabalho

O objetivo do trabalho consistiu em analisar as obras de Thomas à Kempis, "De Imitatione Christi" ("A Imitação de Cristo"), e de Inácio de Loyola, "Exercícios Espirituais", demonstrando como esta última reproduz as preocupações e objetivos da primeira no que tange ao âmbito espiritual e devocional. Ambas as obras se constituem como manuais para orientar o cultivo da fé interior em uma vida de humildade e compromisso com a moral cristã, definida segundo o modelo apostólico do cristianismo primitivo. Dessa forma, demonstra-se como o a Companhia de Jesus pode ser associada ao movimento conhecido como "Devotio Moderna" (devoção moderna) - fenômeno de raízes holandesas e alemãs que produziu "A Imitação de Cristo" - e como ambas compartilham uma nova forma de devoção que prioriza a relação individual com a espiritualidade, porém sem abrir mãos dos deveres de um cristão para com o "mundo".