Activity Feed

Follow the main updates and discussions about the papers published in XIV SO 2020!

All activities (50)
Other

3 persons liked the topic "Pergunta avaliador"

Publication: PATIENT DERIVED XENOGRAFT (PDX): A ROBUST PRECLINICAL MODEL FOR TRANSLATIONAL SYNOVAL SARCOMA RESEARCH

Boa tarde Lucas Ricardo,

Parabéns pelos seus resultados. São muito bonitos e empolgantes. Eu vi seu pôster, e fiquei com uma dúvida. Em relação aos marcadores específicos que definem o fenótipo das células tumorais (SS; monofásico ou bifásico), quais marcadores vocês utilizaram no estudo?

Other

4 persons liked the topic "Pergunta sobre o estudo"

Publication: OSTEOPONTIN-C MODULATES B-CELL ACUTE LEUKEMIA ADHESION AND INVASIVE PROPERTIES

Bom dia, 

Você acredita que a OPNc poderia  ser um alvo terapêutico para pacientes com LLA-B KAMT2A-AFF1 positivos, já existe algum estudo nesse sentido que você tenha conhecimento? 

Quais experimentos você faria para avaliar o papel de OPN no acometimento do sistema nervoso central? 

Como você chegou à escolha da dosagem de 50nM de anti-OPNc para os seus ensaios?

Other

Igor Petrone and 1 other person replied to the topic "Avaliação do Pôster"

Publication: LIPID PROFILE IS CORRELATED WITH ENDOMETRIOSIS’ PHENOTYPES

Boa tarde Marllow. Primeiramente parabéns pelo trabalho. Seguem abaixo algumas perguntas para maiores esclarecimentos de algumas dúvidas que fiquei após ler seu resumo.

 

1)Vocês selecionaram inicialmente um número significativo de artigos. Qual o critério de exclusão para avaliarem apenas 6 no trabalho?

2)Os trabalhos dos grupos Santoro (2012) e Gibran (2016) só apresentaram diferenças significativas nos níveis de HDL e LDL, respectivamente entre casos e controle. Como você discutira a importância da inclusão desses trabalhos no seu estudo no que se refere a relevância da relação entre o perfil lipídico e a endometriose?

 

Mais uma vez, parabéns pelo trabalho.

 

Att

Dr. Igor Petrone

Other

Karina Lôbo Hajdu replied to the topic "Tumor nos NSG"

Publication: IN VIVO CD19 CAR-T CELL KINETICS IN MULTIPLE ORGANS USING A POINT OF CARE APPROACH

Olá Karina, obrigada pela apresentação. Acho muito interessante a terapia CAR-T e o trabalho seu e de seu grupo muito interessante. Como apresentação (resumo e oral) acredito que seja interessante falar que tipo de célula tumoral você enxerta nos NSGs. Ajuda na própria contextualização da técnica.

Você sabe dizer porquê na técnica de point-of-care no dia 1 vocês observam um aumento significativo de CD8+CAR+ ? E porque o mesmo não é observado com o protocolo de expansão? 

Other

Julia Mendonça replied to the topic "metodologia - expressão proteica "

Publication: IDENTIFICATION AND VALIDATION OF GENES CANDIDATES AS TARGETS FOR TREATMENT AND DIAGNOSIS OF BREAST CANCER

olá! gostaria de saber se vocês pretendem marcar por imunohistoquímica essas proteínas em cortes histológicos de mama saudável e com tumor, para complementar a validação feita em linhas celulares.

 

obs. gostei muito dos seus slides e do seu vídeo! parabéns!

Other

Igor Petrone replied to the topic "Avaliação do Pôster"

Publication: TRANSMISSION OF MUTANT p53 AGGREGATES LEAD TO MUTANT P53-LIKE PHENOTYPE.

Boa tarde Nathalia. Parabéns pelo trabalho e pelos resultados. Apresentação bastante didática. 

Seguem algumas perguntas para maior esclarecimento do trabalho:

1) Como você pode garantir que as alterações na transição epitélio-mesenquimal foram de fato influenciadas pelos agregados?

2)Vocês avaliaram ou pretendem avaliar algum regulador de p53 (MDM2, por exemplo) para mostrar que a perda de função da proteína selvagem se dá de fato pela presença dos agregados.

3) Vocês pretendem tentar idetinficar a via pela qual as células receptoras poderiam estar recebendo a p53 presente no ambiente?

 

Mais uma vez, parabéns pelo trabalho.

Att

Dr. Igor Petrone

Other

Julia Mendonça replied to the topic "Dúvidas - avaliação"

Publication: IDENTIFICATION AND VALIDATION OF GENES CANDIDATES AS TARGETS FOR TREATMENT AND DIAGNOSIS OF BREAST CANCER

Boa tarde Júlia. Meus parabéns a você e todos os envolvidos nesse trabalho que parece ser bastante promissor. Queria lhe fazer uma pergunta e uma sugestão.

Se você tivesse que escolher duas dessas proteínas, dentre as 4 que estão analisando, como as mais promissoras quais seriam? E porque?

Na validação dos resultados por imunofluorescência não pude deixar de notar que algumas das proteínas (em especial a C) apresentam padrões de imunomarcação distintos entre as linhagens celulares. Em algumas estão difusas por toda a extensão do citoplasma, em pequenos aglomerados ou até mesmo retidas no que pode ser o retículo ou Golgi. Como vocês tem a intenção de usar a localização membranar dessas proteínas para servir de alvo, eu sugeriria realizar uma validação por imunofluorescência em células não permeabilizadas. Dessa forma, seria possível afirmar que essas proteínas não somente estão presentes em diferentes linhagens celulares, mas também expostas na membrana.

Other

Ana Emília Goulart Lemos and 1 other person replied to the topic "Dúvidas"

Publication: OSTEOPONTIN-A ACTIVATES INTERMEDIATE EPITHELIAL MESENCHYMAL PROPERTIES IN c643 THYROID CANCER CELLS

Olá!

Parabéns pelo excelente trabalho!

Gostaria de saber:

- Se a célula c643 expressa a osteopontina-A constitutivamente.

- Que tipo de câncer de tireoide é a c643.

- Em relação a osteopontina, o que ela é? Um hormônio? Possui receptor? Como ela promove seus efeitos?

Abs,

Andrea

Other

Mariana Muniz da Paz replied to the topic "Parabéns pela apresentação e pelo trabalho"

Publication: MUTANT P53 AGGREGATES IN HEPATOCELLULAR CARCINOMA CELL LINES AND THEIR IMPORTANCE IN PATHOGENESIS: CHARACTERIZATION OF A NEW PHARMACOLOGICAL TARGET

Acha que seria valido, avaliar o impacto do tratamento quimioterápico concomitante com o tratamento com MC?

 

Em sua opinião, o que foi observado no trabalho, pode representar um mecanismo amplo de carcinogênese, ou seria algo restrito apenas ao hepatocarcinoma?

 

Não seria interessante utilizar outras linhagens com as mesmas mutações, uma vez que a utilização de uma única linha poderia ter um viés biológico “linhagem específico”?

Other

Igor Petrone replied to the topic "Avaliação do Pôster"

Publication: ACQUIRED RESISTANCE TO BRAF INHIBITOR SENSITIZES MELANOMA CELLS TO CHK1 INHIBITION-INDUCED REPLICATION STRESS

Boa tarde,

 

Parabéns pelo trabalho e pelos resultados!

Seguem algumas perguntas a titulo de maiores esclarecimentos:

1. No vídeo da sua apresentação, você selecionou a linhagem 888 mel, embora tenha utilizado outras três linhagens (A375, M026 e D10), inclusive também resistentes ao inibidor de BRAF.

Existe algum motivo específico para a seleção dessa linhagem?

 

2. Poderia falar um pouco mais sobre o tratamento in vivo? Quais animais foram utilizados?

Como foi feita a indução do melanoma nesses animais? E a confirmação do aparecimento do tumor previamente ao tratamento com inibidores de BRAF?

 

Mais uma vez, parabéns pelo trabalho e pelos resultados.

 

Att,

Dr Igor Petrone, avaliador.

Other

Danielle Carvalho and 1 other person replied to the topic "Fase S + BrdU-Neg"

Publication: ACQUIRED RESISTANCE TO BRAF INHIBITOR SENSITIZES MELANOMA CELLS TO CHK1 INHIBITION-INDUCED REPLICATION STRESS

Olá Danielle, parabéns pelo trabalho!

Fiquei com uma dúvida: como você interpreta a existência dessa população de células em S, mas BrdU-negativas? 

Other

Murilo Rocha replied to the topic "Dúvidas - avaliação"

Publication: LIPID PROFILE IS CORRELATED WITH ENDOMETRIOSIS’ PHENOTYPES

Olá Marllow! Parabéns para você e todos os envolvidos pelo trabalho que estão desenvolvendo. Após ver seu resumo e postar fiquei com algumas dúvidas que gostaria de conversar com você a respeito.

1- Qual foi o principal critério de descarte para partir de um total de 89 trabalhos e chegar em somente 6 adequados para a sua análise?

2- No poster podemos ver que em um dos trabalhos o material analisado foi plasma e não soro. Você acredita que isso poderia gerar alguma diferença nos parâmetros avaliados (colesterol total, HDL, LDL e triglicérides)?

3- Já existe algum estudo associando o uso de fármacos como a sinvastatina na endometriose? Vocês já tem alguma hipótese para explicar como o aumento da lipidemia no sangue leva ao desenvolvimento da endometriose?

Other

Araci Rondon and 1 other person replied to the topic "Pergunta"

Publication: DEVELOPMENT OF AN ORGAN-ON-A-CHIP MODEL FOR CANCER-ASSOCIATED THROMBOSIS

Boa tarde Araci,

Muito interessante o seu modelo de estudo! Você pretende avaliar marcadores inflamatórios? Quais? Parabéns pelo trabalho!

Other

Ana Clara Santos da Fonseca Bastos and 1 other person replied to the topic "Parabéns pela apresentação e pelo trabalho"

Publication: OSTEOPONTIN-C MODULATES B-CELL ACUTE LEUKEMIA ADHESION AND INVASIVE PROPERTIES

A pequena diferença de expressão (não significativa) entre as isoformas de osteopontina, justificaria a escolha da isoforma C?

 

Como vc poderia explicar o aumento na proliferação das células silenciadas para OPNC, de maneira concomitante com a diminuição da viabilidade?

 

Pensaria em avaliar os efeitos da superexpressão de OPNC, a fim de validar os achados?

 

Como poderia incrementar o trabalho em nível translacional e também em nível funcional?

 

Acha que seria interessante utilizar outras linhagens de B-ALL sem a fusão KMT2A-AFF1 como controle?

Other

Karina Lôbo Hajdu and 1 other person replied to the topic "Dúvidas"

Publication: IN VIVO CD19 CAR-T CELL KINETICS IN MULTIPLE ORGANS USING A POINT OF CARE APPROACH

Uma outra dúvida. Há alguma explicação biológica, ou rota biológica, que favorece a diminuição do tumor no fígado e médula óssea? 

Other

Mariana Emerenciano replied to the topic "Avaliação do poster"

Publication: DEVELOPMENT OF AN ORGAN-ON-A-CHIP MODEL FOR CANCER-ASSOCIATED THROMBOSIS

Olá Araci!

Parabéns pelo trabalho e pela exposição dos seus dados no vídeo.

Quais são os principais mecanismos já conhecidos associados a este risco aumentado para o tromboembolismo venoso em pacientes com câncer?

Vocês pretendem avaliar se fatores de risco do hospedeiro já bem conhecidos podem ser avaliados no modelo de estudo que estão desenvolvendo? Se sim, como isso poderia ser feito?

Obrigada

Mariana Emerenciano

https://www.inca.gov.br/pesquisa/pesquisa-clinica/medicina-molecular/estudo-molecular-do-cancer

Other

Mariana Acquarone de Sá Lopes and 1 other person replied to the topic "metodologia - amostra"

Publication: IDENTIFICATION AND VALIDATION OF GENES CANDIDATES AS TARGETS FOR TREATMENT AND DIAGNOSIS OF BREAST CANCER

olá! gostaria de perguntar se vocês pretendem aumentar o número de amostrar de mama sem tumor, para compor a estatística do trabalho.

obrigada!

Other

Mariana Emerenciano replied to the topic "Avaliação do pôster"

Publication: TP53 REGULATES EXPRESSION OF COLORECTAL CANCERS STEM-CELLS LGR5 BIOMARKER

Boa tarde, João Marcos!

Parabéns pelo trabalho e pelo vídeo apresentando seus resultados.
 
Se seus dados vierem a comprovar que TP53 contribui para o 'surgimento' de células tonco tumorais LGR5 positivas, qual seria uma possibilidade terapêutica para estes pacientes?
 
Este potencial papel de TP53 como indutor para o aparecimento/resistência de células tronco tumorais já foi descrito em outros tipos de cânceres? Se sim, quais?
 
Muito obrigada e sucesso com a finalização do trabalho.

Abraços

Mariana Emerenciano

https://www.inca.gov.br/pesquisa/pesquisa-clinica/medicina-molecular/estudo-molecular-do-cancer

Other

Brenno Sessa and 1 other person replied to the topic "detalhes sobre o modelo"

Publication: SYNTHETIC SYSTEMS FOR CHIMERIC ANTIGEN RECEPTORS (CARs) EXPRESSION CONTROL

olá Brenno! tudo bem?

primeiramente, parabéns pelo belo trabalho! uma pena não ter enviado um vídeo curto sobre a sua apresentação... isso ajudou bastante na compreensão a avaliação dos painéis.

gostaria de perguntar como é feita a modulação da expressão de CAR? poderia por favor explicar mais detalhes do seu modelo de sistema artificial? ele é muito interessante e eu fiquei curiosa para saber os detalhes metodologicos.

 

obrigada!

Other

Lucas Delmonico replied to the topic "Dúvidas"

Publication: IN VIVO CD19 CAR-T CELL KINETICS IN MULTIPLE ORGANS USING A POINT OF CARE APPROACH

Ola Karina, tudo bem? Primeiramente parabéns pelo trabalho. Gostaria de saber um pouco mais como vocês fazem essa medição da borda do tumor por imagem. São feitas mais de uma medição ao longo do desenvolvimento carcinogênico?

Other

Roberta Saldanha Gama and 1 other person replied to the topic "Viabilidade SW-480 5FUR"

Publication: THE ROLE OF DRUG RESISTANCE IN EPITHELIAL-MESENCHYMAL TRANSITION AND STEM CELL PHENOTYPES IN COLORECTAL CANCER CELLS

Olá Diego, obrigada pelo vídeo. Você sabe dizer por que a viabilidade da SW-480 5FUR cai quase que da mesma forma que a parental? Mesmo nas concentrações mais baixas?

Other

João Marcos de Azevedo Delou replied to the topic "LGR5"

Publication: TP53 REGULATES EXPRESSION OF COLORECTAL CANCERS STEM-CELLS LGR5 BIOMARKER

Olá João. Parabéns a você e aos co-autores por esses resultados bem interessantes. Queria perguntar sua opinião sobre a possível variação inversa de LGR5 entre tecido não-tumoral e tumoral nos animais WT ou KO. Existem alguns indícios que o LGR5 esteja associado de forma geral tanto com células tronco do cólon normal ou tumoral. Como você explicaria a redução de LGR5 nos tumores WT em comparação com o não tumoral, enquanto nos animais KO há um aumento. Acredita que outras vias estejam relacionadas?

Other

Nathalia Oliveira da Silva and 1 other person replied to the topic "Perguntas para avaliação"

Publication: TRANSMISSION OF MUTANT p53 AGGREGATES LEAD TO MUTANT P53-LIKE PHENOTYPE.

Ola, Natália. Parabéns a vocês pelo trabalho. Gostaria de fazer umas perguntas para avaliação. Acho que esse é o canal certo para isso.

1) Considerando que no extrato não apenas haveria a presença do agregado mas como fatores produzidos por linhagens p53 mutada, você diria que o resultado da figura 3 poderia ser interpretado com apenas a presença de outros fatores no meio que não o agregado? Isso por conta to mesmo fenômeno ter sido observado com o extrato e com somente o meio de cultura oriundo da linhagem mutada.

2) Na Fig do WB, a MCF-7 na presença de MDA-MB não teve aumento da detecção de p53, mas apenas na A2780 com OVCAR-3. Contudo, na immuno, foi utilizada a MCF-7 com MDA-MB. Poderia comentar sobre essa escolhar?

3) Qual procedimento utilizado para garantir que o agregado p53 (seja oriundo da MDA-MB ou OVCAR-3) não estava ou livre o meio ou apenas associado à superfície celular?

4) Vocês teriam alguma teoria de como o agregado entra nas células? Não parece depender de contato célula-célula.

5) Seria interessante mostrar que, mesmo na presença de inibidor de p53 selvvagem, a adição de extrato amiloid-like poderia levar ou não ao mesmo fenótipo. Ou, se na ausência de p53 selvagem mesmo que temporariamente, o fenômeno seria atrasado, mostrando que depende da maquinaria de p53 selvagem e que o agregado contribui para criar um fenômeno em cascata.

6) Por fim, qual motivo de não ter usado o extrato na ultima figura e somente o meio condicional?

Eu sugeriria investir na pesquisa de agregados de p53 em microvesículas.

Other

Jamila Alessandra Perini Machado replied to the topic "Avaliação pôster"

Publication: Combining CAR-T cells with mIL-15 for modulation of antitumor function

Olá Emmanuel,

 

Sou Jamila, Professora da UEZO e estou avaliando seu pôster.

Parabéns pelo excelente trabalho!

Por favor, poderia esclarecer as dúvidas abaixo?

 

Já pensaram ou fizeram os testes com células mononucleares de sangue periférico de pacientes?

Pensaram em fazer a avaliação da expressão de algum gene específico envolvido na via para tentar explicar mecanismo?

Qual a aplicação do trabalho na prática clínica?

 

Muito obrigada e sucesso com o trabalho!

 

Cordialmente,

Profa Dra Jamila Perini

Laboratório de Pesquisa de Ciências Farmacêuticas – LAPESF UEZO

https://lapesfuezo.wixsite.com/website

Other

Ana Emília Goulart Lemos and 1 other person replied to the topic "Question"

Publication: OSTEOPONTIN-A ACTIVATES INTERMEDIATE EPITHELIAL MESENCHYMAL PROPERTIES IN c643 THYROID CANCER CELLS

Qual gene da via proposta pelo autor poderia ainda ter sido analisado?

Other

Lucas Ricardo dos Santos replied to the topic "Pergunta avaliadora "

Publication: PATIENT DERIVED XENOGRAFT (PDX): A ROBUST PRECLINICAL MODEL FOR TRANSLATIONAL SYNOVAL SARCOMA RESEARCH

Boa tarde Lucas,

Também o-parabenizo pelo projeto e resultados.

Gostaria de pergunta-lhe:

- como interpreta a redução do tempo de crescimento ao longo das passagens in vivo?

- vc acha que o recurso a animais imunodeficientes pode apresentar limitações? Caso sim, no que pensaria para  superar essas limitaçoes (respondendo por exemplo a criticas de um referee)?

- vcs chegaram a fazer testes mais funcionais, como por exemplo testar o efeito de um quimioterapico ao longo das passagens (in vitro sobre celulas dissociadas ou in vivo)?

Passou o horario das 17h, mas nao se preocupe e responda com calma.

Obrigada!

Other

SANDRA KONIG and 1 other person replied to the topic "IC50 and EMT"

Publication: THE ROLE OF DRUG RESISTANCE IN EPITHELIAL-MESENCHYMAL TRANSITION AND STEM CELL PHENOTYPES IN COLORECTAL CANCER CELLS

Diego, parabens pelo trabalho!

- Vc poderia re-explicar a razao pela qual nao ve diferenças de viabilidade celular entre as linhagens, mas sim uma diferença de IC50?

Obrigada!

Other

Anneliese Fortuna de Azevedo Freire da Costa and 1 other person replied to the topic "Dúvidas"

Publication: GENERATION AND PRELIMINARY CHARACTERIZATION OF PATIENT-DERIVED XENOGRAFTS OF ACRAL MELANOMA (AM-PDX)

Olá, Mariana!

Parabéns pelo trabalho! Seus dados são muito empolgantes!!

Qual é o principal sítio de metástase do melanoma acral? Você tem informações sobre os pacientes que já apresentavam metástase ao diagóstico? Poderia ser uma informação interessante para buscar associação de pega e não pega do enxerto.

Você acredita que, com um número amostral maior, poderia haver diferença na taxa de crescimento entre amostras primárias e metastáticas?

Você chegou a avaliar a relação dos parâmetros histológicos (figura 5) com pega e não pega do enxerto?



 

Other

EMMANUEL ARTHUR ARAGAO and 1 other person replied to the topic "Question"

Publication: Combining CAR-T cells with mIL-15 for modulation of antitumor function

Olá Emmanuel, parabéns pelo trabalho, muito interessante. Gostaria de te fazer algumas perguntas. Você observou morte celular ou mesmo indicadores de UPR no seu sistema? O que poderia explicar a queda de expressão em alguns casos e manutenção de níveis mais altos de expressão de em outros casos?

2 persons favorite the paper "THE ROLE OF DRUG RESISTANCE IN EPITHELIAL-MESENCHYMAL TRANSITION AND STEM CELL PHENOTYPES IN COLORECTAL CANCER CELLS"

Other

Ana Clara Santos da Fonseca Bastos and 1 other person replied to the topic "Parabéns pelo trabalho."

Publication: OSTEOPONTIN-C MODULATES B-CELL ACUTE LEUKEMIA ADHESION AND INVASIVE PROPERTIES

Parabéns pelo trabalho, tão bem elaborado e exposto.

Gostaria de fazer mais uma pergunta, vocês pretendem expandir este estudo, talvez em linhagens de LLA-T ou LMA com KMT2A-AFF1, você acha que poderia encontrar alguma diferença nesses subtipos para os mesmos experimentos ou você acha que isso seria irrelevante?

1 person favorite the paper "TP53 REGULATES EXPRESSION OF COLORECTAL CANCERS STEM-CELLS LGR5 BIOMARKER"

Other

Raissa Eduardo dos Santos and 1 other person replied to the topic "Vitamina K"

Publication: VITAMIN K DERIVATIVES AS CANDIDATES OF WILD-TYPE p53 ACTIVATORS

Olá Raissa,

Parabéns pelo trabalho. 

Gostaria de saber se os compostos que você testou tem efeito anti-hemorrágico como a vitamina K. Isso já foi testado ou você planeja verificar isso?

E como a conformação desses compostos foi escolhida?

Abraços,

Araci

Other

Mariana Muniz da Paz and 1 other person replied to the topic "Pergunta sobre o estudo"

Publication: MUTANT P53 AGGREGATES IN HEPATOCELLULAR CARCINOMA CELL LINES AND THEIR IMPORTANCE IN PATHOGENESIS: CHARACTERIZATION OF A NEW PHARMACOLOGICAL TARGET

Boa tarde,

Primeiramente parabéns pelo trabalho

Gostaria  de saber, você tem conhecimento dos efeitos do acumulo destes agregados amiloides sobre o microambiente tumoral?

Você poderia explicar melhor como os agregados amiloides promovem a perda da função do P53 selvagem?

Other

Nathalia Oliveira da Silva and 1 other person replied to the topic "Pergunta"

Publication: MUTANT P53 AGGREGATES IN HEPATOCELLULAR CARCINOMA CELL LINES AND THEIR IMPORTANCE IN PATHOGENESIS: CHARACTERIZATION OF A NEW PHARMACOLOGICAL TARGET

Boa tarde,

Você teria alguma metodologia em mente para testar a formação destes agregados em amostras de carcinoma hepatocelular de humanos? Você vê alguma implicação nisto que poderia me descrever?

Other

Jamila Alessandra Perini Machado and 1 other person replied to the topic "Avaliação pôster"

Publication: GENERATION AND PRELIMINARY CHARACTERIZATION OF PATIENT-DERIVED XENOGRAFTS OF ACRAL MELANOMA (AM-PDX)

Olá,

Qual a taxa de sucesso de crescimento tumoral de acordo com o sítio anatômico e do tumor primário versus metástase?

 

Amostras foram coletadas de biópsia ou cirurgia?

1 person favorite the paper "Combining CAR-T cells with mIL-15 for modulation of antitumor function"

Other

Lucas Ricardo dos Santos and 1 other person replied to the topic "Pergunta avaliador"

Publication: PATIENT DERIVED XENOGRAFT (PDX): A ROBUST PRECLINICAL MODEL FOR TRANSLATIONAL SYNOVAL SARCOMA RESEARCH

Boa tarde Lucas Ricardo,

Parabéns pelos seus resultados. São muito bonitos e empolgantes. Eu vi seu pôster, e fiquei com uma dúvida. Em relação aos marcadores específicos que definem o fenótipo das células tumorais (SS; monofásico ou bifásico), quais marcadores vocês utilizaram no estudo?

Other

Pedro Henrique Prazeres replied to the topic "question"

Publication: Sensory nerve ablation regulates immune cells that contribute to melanoma progression

Boa tarde!

Quais seriam os próximos passos experimentais a serem tomados com objetivo de entender melhor as caracteristicas dessa celulas no microambiente do melanoma? Se você tivesse que convencer por ex o Instituto Serrapilheira a financiar seu estudo o que proporia?

1 person favorite the paper "GENERATION AND PRELIMINARY CHARACTERIZATION OF PATIENT-DERIVED XENOGRAFTS OF ACRAL MELANOMA (AM-PDX)"

Other

Pedro Henrique Prazeres and 1 other person replied to the topic "Avaliação "

Publication: Sensory nerve ablation regulates immune cells that contribute to melanoma progression

Boa tarde Pedro, meu nome é María Gabriela Vera e estou avaliando o seu pôster.

A seguir colocarei algumas perguntas/sugestões sobre o trabalho. 

  • Vocês pretendem estudar os diferentes tipos de macrófagos? já que existe diferenças especialmente funcionais entre eles 
  • Consideraram avaliar as CD8  sozinhas e em conjunto com o PD1? e assim observar se estas teriam um impato na resposta
  • Consideraram avaliar as populações por IHQ e assim observar a distribuição do nicho. Isto poderia responder algumas dúvidas sobre a interação das células, em especial com as Foxp3PD1+ 
  • Quais seriam os seguintes experimentos a ser desenvolvidos?

Parabéns pelo seu trabalho, muito interessante

Other

Priscyanne Barreto Siqueira replied to the topic "Pergunta sobre o estudo"

Publication: EFFECTS OF APE1 REDOX ACTIVITY INHIBITOR APX2009 ON THE MALIGNANT POTENTIAL OF A TRIPLE-NEGATIVE BREAST CANCER CELL.

Bom dia, 

gostaria de  parabenizar o estudo e fazer algumas perguntas.

Você acrescentaria alguma metodologia ao seu estudo, qual seria o próximo passo diante do seu resultado? 

Você tem conhecimento de alguma outra molécula com APE1 como alvo que poderia ter o mesmo efeito?

2 persons favorite the paper "PATIENT DERIVED XENOGRAFT (PDX): A ROBUST PRECLINICAL MODEL FOR TRANSLATIONAL SYNOVAL SARCOMA RESEARCH"

2 persons favorite the paper "MUTANT P53 AGGREGATES IN HEPATOCELLULAR CARCINOMA CELL LINES AND THEIR IMPORTANCE IN PATHOGENESIS: CHARACTERIZATION OF A NEW PHARMACOLOGICAL TARGET"

Other

Priscyanne Barreto Siqueira replied to the topic "dúvidas "

Publication: EFFECTS OF APE1 REDOX ACTIVITY INHIBITOR APX2009 ON THE MALIGNANT POTENTIAL OF A TRIPLE-NEGATIVE BREAST CANCER CELL.

Olá! Parabéns pelo trabalho e pela apresentação!

Gostaria de saber se esse composto já foi testado em outras linhagens de câncer de mama triplo negativo. Se sim, os resultados são semelhantes? Além disso, ele já foi avaliado em modelo animal? Seria a continuação do seu trabalho? Se não, o que pretende fazer a partir de agora?

Obrigada!

1 person favorite the paper "OSTEOPONTIN-C MODULATES B-CELL ACUTE LEUKEMIA ADHESION AND INVASIVE PROPERTIES "

Other

Raissa Eduardo dos Santos and 1 other person replied to the topic "Olá parabéns pelo trabalho"

Publication: VITAMIN K DERIVATIVES AS CANDIDATES OF WILD-TYPE p53 ACTIVATORS

Gostaria de saber se pretende testar esses compostos em outros tipos de tumores que também apresentem mutação em p53?

Other

Ana Clara Santos da Fonseca Bastos and 1 other person replied to the topic "Pergunta sobre o estudo"

Publication: OSTEOPONTIN-C MODULATES B-CELL ACUTE LEUKEMIA ADHESION AND INVASIVE PROPERTIES

Bom dia, 

Você acredita que a OPNc poderia  ser um alvo terapêutico para pacientes com LLA-B KAMT2A-AFF1 positivos, já existe algum estudo nesse sentido que você tenha conhecimento? 

Quais experimentos você faria para avaliar o papel de OPN no acometimento do sistema nervoso central? 

Como você chegou à escolha da dosagem de 50nM de anti-OPNc para os seus ensaios?

Other

Raissa Eduardo dos Santos replied to the topic "Pergunta sobre o estudo"

Publication: VITAMIN K DERIVATIVES AS CANDIDATES OF WILD-TYPE p53 ACTIVATORS

Bom dia, 

Gostaria de saber, quais seriam os próximos experimentos que você pretende fazer pra validar o efeito dos compostos testados sobre a modulação de P53? 

1 person favorite the paper "VITAMIN K DERIVATIVES AS CANDIDATES OF WILD-TYPE p53 ACTIVATORS"