REVISÃO SISTEMÁTICA SOBRE CARBAPENÊMICOS NO TRATAMENTO DA TUBERCULOSE MULTIDROGA RESISTENTE: EFETIVIDADE COM ENFOQUE NA MORTALIDADE

Favorite this paper
How to cite this paper?
Details
  • Presentation type: Pôster
  • Track: 2. Metodologia e resultados de estudos de ATS
  • Keywords: Tuberculose Resistente a Múltiplos Medicamentos; Carbapenêmicos; Mortalidade; Avaliação de Tecnologias em Saúde;
  • 1 Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará
  • 2 Hospital Universitário Professor Alberto Antunes da Universidade Federal de Alagoas
  • 3 Universidade Estadual de Campinas
  • 4 Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará/EBSERH
  • 5 Universidade de Brasília
  • 6 Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC)
  • 7 Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais

Please log in to watch the video

Log in
Abstract
Introdução: Tuberculose Multidroga Resistente (TB-MDR) é a tuberculose ocasionada por cepas de Mycobacterium tuberculosis resistentes simultaneamente à isoniazida e à rifampicina. A TB-MDR é grave problema de saúde pública e sua eliminação representa enorme desafio. Frente ao exposto este estudo tem por objetivo avaliar, por meio de revisão sistemática, a efetividade dos carbapenêmicos (meropenem, imipenem, ertapenem) associados ao esquema terapêutico padronizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na mortalidade durante o tratamento da TB-MDR. Material e Métodos: A metodologia do Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses (PRISMA) foi aplicada na condução desta revisão. A pergunta de pesquisa foi elaborada conforme o acrônimo PICO: O uso dos carbapenêmicos associados ao tratamento padrão é efetivo para pacientes adultos com tuberculose multidroga resistente na diminuição da mortalidade, quando comparados ao tratamento padrão? A busca foi conduzida nas bases científicas Medline/PubMed, LILACS, EMBASE, Cochrane Library, Epistemonikos e Clinical Trials em julho de 2019. Foram contemplados artigos de revisões sistemáticas, ensaios clínicos randomizados e não randomizados, coortes, caso-controle e séries de casos sem restrição de data e idioma. Foram revisadas manualmente as listas de referências bibliográficas de todos os artigos selecionados. Os estudos identificados foram incluídos na plataforma Rayyan® e as duplicatas excluídas. As etapas da seleção dos estudos, extração dos dados e avaliação da qualidade metodológica das pesquisas incluídas foram conduzidas por quatro pesquisadores divididos em duplas independentes e cegas. Discordâncias foram resolvidas por consenso ou um terceiro autor foi consultado. O desfecho mortalidade foi avaliado por meio do Grading of Recommendations Assessment, Development and Evaluation (GRADE) Working Group System. Resultados: Foram recuperados 1.582 estudos nas bases de dados. Destes, 6 artigos preencheram os critérios de inclusão, sendo todos de natureza observacional. As informações extraídas apontaram: número de indivíduos expostos aos carbapenêmicos variou de 4 a 180 participantes, predomínio do sexo masculino, mediana de idade variou de 30 a 35 anos, maioria de participantes da Europa e Ásia. A qualidade metodológica dos estudos foi baixa. Não foi possível realizar meta-análise devido à variabilidade nas intervenções, comparadores e desfechos dos estudos incluídos. A confiança da evidência foi considerada muito baixa de acordo com o GRADE para o desfecho mortalidade. Conclusão: Meropenem e imipenem foram os carbapenêmicos associados ao esquema padrão para o tratamento da TB- MDR. Devido à escassez de estudos com boa qualidade metodológica e a baixa qualidade da evidência, não é possível afirmar que tais carbapenêmicos associados ao esquema padrão reduzem a mortalidade dos pacientes com TB-MDR.

Share your ideas or questions with the authors!

Did you know that the greatest stimulus in scientific and cultural development is curiosity? Leave your questions or suggestions to the author!

Sign in to interact

Have a question or suggestion? Share your feedback with the authors!