Questão étnico-racial no contexto dos acolhimentos institucionais de crianças e adolescentes no município de Campos dos Goytacazes/RJ

- 159368
Pós-Graduação-Poster
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

Questão étnico-racial no contexto dos acolhimentos institucionais de crianças e adolescentes no município de Campos dos Goytacazes/RJ

Stephani Gomes Rodrigues 1, Maria Clareth Gonçalves Reis 2, Nilo Lima de Azevedo 3

Este projeto de pesquisa tem o objetivo de abordar a questão étnico-racial no contexto do acolhimento institucional de crianças e adolescentes no município de Campos dos Goytacazes, RJ. O interesse em estudar a temática étnico-racial surgiu da experiência de estágio obrigatório em Serviço Social, realizado no Centro de Referência da Criança e do Adolescente (CRCA) que permitiu acesso aos dados do Relatório Mensal de Atividades (RMA) onde verificou-se que a maior parte dos acolhidos, no ano de 2018, era da raça negra, não se tratando de uma coincidência, mas de um registro da desigualdade racial entre negros e brancos que ocorre não apenas no município, mas que aqui, tem traços particulares em função de sua história escravocrata. Dentre os objetivos deste projeto de pesquisa destacamos: Identificar se a questão étnico-racial perpassa os serviços de acolhimento institucional em Campos dos Goytacazes; Investigar se os serviços de acolhimento abordam a questão étnico-racial na condução dos acolhimentos institucionais de Campos dos Goytacazes; Entender o trabalho do assistente social e o atravessamento da dimensão étnico-racial na abordagem profissional nos acolhimentos do município; Identificar a avaliação racial da pertença das crianças e dos adolescentes acolhidos nos acolhimentos do município. A pesquisa que se pretende realizar é de caráter qualitativo, do tipo explicativo a partir de uma abordagem crítica, sendo as reflexões realizadas com base em autores como Eurico (2018), Almeida (2019), Rizzini (2004), entre outros, considerando as categorias: racismo, racismo estrutural, socialização, identidade, cidadania etc. Com isso, o intuito é o de sinalizar, para a necessidade não apenas de formular políticas públicas no âmbito da infância e juventude que considere a questão étnico-racial de crianças e adolescentes acolhidos no município, mas o de demonstrar a importância das unidades de acolhimento inserirem o debate étnico-racial no cotidiano de crianças e adolescentes acolhidos, por entender que o acolhimento é um importante espaço de socialização que pode contribuir para o fortalecimento de narrativas boas, positivas em relação à história, cultura do povo negro, a fim de desconstruir estereótipos para que crianças e adolescentes negros possam aprender a valorizar suas raízes, sua negritude e a si mesmos. A pesquisa está em fase de reformulação, por isso, ainda não possui resultados.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Instituições
  • 1 Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
Eixo Temático
  • 4.12 UENF - PPG Políticas Sociais
Palavras-chave
questão étnico-racial; acolhimentos institucionais; crianças