Desafios das Políticas de Educação e Mercado de Trabalho voltadas para a Inclusão: Investigações sobre a atuação da APAE no município de Campos dos Goytacazes - RJ

Vol 3, 2022 - 148745
Iniciação Científica-Oral
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

A partir da LDBEN 9394/1996, a educação especial tornou-se uma modalidade educacional transversal e que deveria ocorrer preferencialmente na rede regular de ensino. A Política Nacional da Educação Especial na Perspectiva Inclusiva - PNEEPEI, publicada em 2008, determinou a obrigatoriedade do público-alvo da educação especial nas escolas regulares. Contudo, historicamente, no Brasil, o setor privado-assistencial teve um papel de grande importância na trajetória da educação especial, por meio da atuação das entidades filantrópicas, que ainda hoje foram seus principais apoiadores e ofertadores de serviços. Dentre as principais, a partir do pós-guerra, foi criada no Brasil Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, que se difundiu em quase todo o território nacional. Em função disso, o objetivo principal deste trabalho é investigar a atuação da APAE - Campos dos Goytacazes no que se refere à oferta para o público-alvo da educação especial no município e, quais ações vêm sendo desenvolvidas, com apoio do poder público, para ampliar a participação do público-alvo da educação especial na sociedade, principalmente no mercado de trabalho. Para alcançar os objetivos propostos, a metodologia utilizada para a elaboração deste trabalho foi de base qualitativa, com revisão bibliográfica, análise documental e trabalho de campo na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Foram aplicados roteiros de entrevistas semiestruturadas na instituição e por meio destas, foi possível verificar que a APAE vem fornecendo atividades de qualificação profissional desde 2009, por meio do projeto “Qualificando para o amanhã”, que visa a inserção dos chamados assistidos no mercado de trabalho. Atende aproximadamente 50 jovens, de 14 a 17 anos. Este projeto funciona por meio da elaboração de oficinas, nas seguintes funções: auxiliar de serviços gerais, auxiliar de secretaria, empacotador/embalador e a oficina de informática. Contudo, podemos destacar que, a partir das pesquisas realizadas, constatou-se a permanência de um modelo assistencialista para o público-alvo da educação especial.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Instituições
  • 1 Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
Eixo Temático
  • 1.2 UENF - Ciências Humanas (CCH): 1. Ciências Sociais e C. Sociais Aplicadas
Palavras-chave
Políticas de Educação
Mercado de trabalho
APAE