A Personalidade Borderline: uma análise educacional

Vol 3, 2022 - 148653
Iniciação Científica-Oral
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

A produção expressiva de pesquisas a respeito das diversas psicopatologias que podem interferir no processo de ensino e aprendizagem, nos remete a relevância da realização de investigações através de uma ótica pedagógica. Com ênfase em perspectivas relacionadas a saúde mental individual e coletiva, tende-se a perceber as questões intrínsecas e indissociáveis ao ambiente escolar. A dupla Dalgalarrondo e Vilela (1999), apontam a personalidade borderline como espaço limítrofe entre a neurose e a psicose. O 5º Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DMS-5) caracteriza o Transtorno de Personalidade Borderline (TPB), como um padrão inflexível na capacidade de autopercepção, marcado pela hiperatividade emocional disfunção cognitiva e comportamental. O diagnóstico pode ser realizado ao final da adolescência e início da fase adulta em ambos os sexos, por meio de procedimentos psicoterapêuticos; podendo haver a intervenção psiquiátrica e medicamentosa. O objetivo da pesquisa é identificar nas escolas da rede pública de Educação Estadual em Campos dos Goytacazes que ofertam matrícula no Ensino Médio, os desafios deste fenômeno enquanto demanda ao ambiente escolar e sua relação com o processo de evasão escolar. Do ponto de vista da abordagem metodológica a pesquisa é qualitativa uma vez que a ferramenta principal de análise dos conceitos relacionados ao TPB e a Evasão Escolar é o pesquisador que se envolve a partir de princípios subjetivos. Caracteriza-se como pesquisa básica pura porque pretende discutir teoricamente os motes da pesquisa e aumentar o conhecimento acadêmico na área. Quanto aos objetivos a investigação é exploratória porque busca esclarecer uma demanda social e educacional. No que diz respeito ao tipo de raciocínio, o estudo se classifica como hipotético-dedutiva porque consiste na construção de conjecturas baseada em apresentação de hipóteses. O desdobramento do trabalho se deu a partir dos seguintes procedimentos: pesquisa bibliográfica de livros e periódicos que tratava da Síndrome de Borderline e Evasão Escolar somado a análise de questionários e realização de entrevistas individuais ou grupais destinadas aos docentes efetivos em classes de Ensino Médio e psicólogos escolares que atuam ou já atuaram em unidades educacionais estaduais no município de Campos dos Goytacazes. Ressalta- se que, o percentual de respondentes participantes fica a depender do progresso da pesquisa. A investigação se propõe ao longo de suas etapas a refletir teoricamente a prevalência dos traços do TPB no ambiente escolar e relacioná-los aos dados obtidos através da coleta prática.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Instituições
  • 1 Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro
Eixo Temático
  • 1.2 UENF - Ciências Humanas (CCH): 2. Linguística, Letras e Artes
Palavras-chave
Análise Educacional
Evasão Escolar
Transtorno de Personalidade