Favoritar este trabalho

RESUMO Introdução e Objetivos: A sociedade brasileira evidencia várias formas de violência contra a mulher. Parte dos casos ocorre no ambiente familiar, enquanto os tipos de violência que mais atingem a população em geral acabam ocorrendo nas ruas. O ambiente familiar, onde deveria haver uma relação de afeto e respeito, muitas vezes se transforma em um ambiente de desunião e violência, no qual a mulher é afetada e tem seus direitos abolidos. O Brasil, por meio do seu Sistema Único de Saúde (SUS) e da Atenção Primária em Saúde, necessita de aparatos que possam levantar esse debate e fomentar a intervenção. O objetivo geral foi orientar as mulheres envolvidas pela Estratégia Saúde da Família da comunidade Júlia Seffer, sobre o tema violência contra a mulher. Metodologia: Foi realizada uma palestra para as mulheres usuárias e não usuárias da Unidade Básica de Saúde Júlia Seffer, na Associação do Conjunto Habitacional Julia Seffer(ACHAJUS) Ananindeua-Pará, a fim de discutir informações para interromper o ciclo de violência e prevenir novos casos. Resultados e Discussão: O ambiente da palestra foi acolhedor, proporcionando conforto para as participantes ao longo da atividade. Estavam presentes os funcionários da Associação do Conjunto Habitacional Julia Seffer( ACHAJUS), os Agentes Comunitários de Saúde da Unidade Básica de Saúde Julia Seffer e mulheres residentes da comunidade, totalizando cerca de 40 pessoas. Observou-se interesse dos expectadores durante a roda de conversa. Fato confirmado durante a discussão em plenária. Neste momento, houve relatos pessoais das participantes. Elas tiveram a oportunidade de explanar sobre os casos de violência que sofreram. Conclusão: Por meio da ação, constatou-se a facilidade na exposição da palestra e sua aceitabilidade, além de grande interesse demonstrado pelas mulheres da comunidade presentes no dia, a fim de discutir o assunto e encontrar medidas protetivas. Palavras-chaves: Violência Contra a Mulher. Abordagem Comunitária.