81331

TRANSformação: um debate sobre atendimento à saúde da população transgênero em Curitiba

Favoritar este trabalho

Introdução: As políticas de saúde pública no Brasil visam combater o preconceito institucional contra a população transgênero, possibilitando acesso aos serviços de saúde e consolidação do SUS como sistema universal, integral e equitativo. Porém, o despreparo de profissionais da área da saúde (PAS) frente às necessidades desta população evidencia a necessidade de uma intervenção na graduação, tornando-se relevante o debate do papel da atenção primária à saúde (APS) na assistência da população transgênero e a instrução de futuros PAS para a abordagem desta demanda social. Objetivos: Instigar o diálogo acadêmico sobre o contexto de atenção à saúde e melhor abordagem clínica à população transgênero. Métodos: Em evento acadêmico realizado como parte da campanha "TRANSformação" para capacitação dos futuros PAS quanto ao acolhimento à população transgênero foi aplicado questionário abordando o preparo acadêmico para atendimento desta população no momento da inscrição e ao final do evento, o qual contou com a participação de militantes da ONG Transgrupo Marcela Prado e um médico de família e comunidade para discussão. Discussão: Dos 155 inscritos, 14,1% relataram já ter atendido um(a) paciente transgênero e 66% atribuíram notas de 0-5 quanto ao preparo para este atendimento antes da capacitação. 98% acreditam que os PAS estão pouco preparados para o atendimento da população transgênero, sendo que 85% não receberam orientações sobre avaliação clínica e acolhimento desta população na graduação, e 99% acreditam ser necessária a inclusão acadêmica do tema. Ao final do evento, apenas 17,33% (n=75) mantiveram notas de 0-5 quanto ao preparo para tal atendimento, e 100% (n=75) acreditam que a campanha contribuiu para sua formação profissional em um nível superior a 5 numa escala de 0-10. Conclusão: Percebe-se que a discussão sobre a saúde da população transgênero contribui para um melhor preparo do PAS quanto ao acolhimento destas pessoas.