81548

A Inserção prévia na Comunidade para Formação de Futuros Médicos em Blumenau-SC

Favoritar este trabalho

Conforme a ementa 2004/2 da matriz curricular do curso de Medicina da Universidade Regional de Blumenau, a disciplina de Interação Comunitária (IC I) objetiva a inserção do acadêmico em atividades práticas médicas junto à comunidade, visando a integração, maturação profissional e apropriação da realidade aplicada do Sistema Único de Saúde. Nesse viés, os discentes do primeiro semestre do curso de Medicina desenvolveram, em parceria com a Estratégia Saúde da Família (ESF) Maria Schlindwein Baumgartner, ações de saúde coletiva voltadas aos adolescentes do segundo ano do Ensino Médio da Escola de Educação Básica Governador Celso Ramos, de Blumenau-SC. Abordaram-se os temas Sexualidade e Prevenção contra DSTs e Saúde Mental do Adolescente, a fim de alertar para o recente aumento dos casos de sífilis entre jovens e para o incremento no número de suicídios reportados no município. Os universitários puderam vivenciar as atividades de promoção, prevenção e recuperação em saúde coletiva, preconizadas pelos princípios e diretrizes do SUS. Para o primeiro tema, fez-se um “jogo-debate”, no qual os alunos desafiavam-se através de perguntas e respostas; para o segundo, realizou-se uma roda de conversa. Desempenhou-se a ação com duas turmas de mesma faixa etária, porém que proporcionaram experiências distintas aos acadêmicos. Na primeira, a receptividade às atividades foi precária, encerrando a ação precocemente. Na segunda turma, porém, a cooperativa adesão à dinâmica proposta garantiu fluidez e contato bilateral na abordagem dos temas complexos. Assim, os graduandos contrapuseram os desfechos, extraindo as dificuldades de atuação dos médicos da Família e Comunidade e de toda a equipe das ESFs. Inferiu-se, portanto, a importância da disciplina de IC I para a formação amplamente humanitária dos futuros médicos, visto que propicia contato direto com a sociedade desde o início da graduação, desenvolvendo um olhar para além da doença, voltado ao ser humano como um todo.