50363

JOGOS E BRINCADEIRAS COM DEFICIENTES INTELECTUAIS

Favoritar este trabalho

O trabalho apresenta a experiência em um projeto de extensão, cujo objetivo foi desenvolver jogos e brincadeiras com crianças, adolescentes e adultos com deficiência intelectual, bem como ampliar a participação de discentes do curso de educação física em atividades com pessoas com deficiência, contribuindo para a sua formação inicial. Foi desenvolvido no ano de 2015 na Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Uberlândia (FAEFI/UFU) e fez parte de um Programa de extensão que oferece atividades físicas, esportivas e de lazer para Pessoas com Deficiência. Participaram cinquenta pessoas com deficiência intelectual, divididas em grupos, em aulas ministradas duas vezes por semana com duração de cinquenta minutos, no Campus da referida Faculdade. Foram utilizados diferentes espaços como ginásios esportivos, ginásio equipado para a psicomotricidade, pista de atletismo e piscinas. Os materiais e equipamentos foram bolas, arcos, pranchas, flutuadores, brinquedos pedagógicos, cama elástica, explorados para atender às necessidades de desenvolvimento dos alunos e as atividades propostas. Foi possível observar que as práticas corporais realizadas por meio de jogos e brincadeiras contribuíram no processo de interação social e melhoria da qualidade de vida de crianças, adolescentes e adultos jovens com deficiência intelectual e a vivência dos acadêmicos e bolsistas com o referido grupo, proporcionou discussões e conhecimentos fundamentais para formação inicial de professores.