LITERACIA EM SAÚDE PARA ESCOLHAS INFORMADAS NO PARTO: ESTUDO RANDOMIZADO CONTROLADO POR MEIO DE APLICATIVO DIGITAL

Vol 2, 2022 - 162073
Relato de Pesquisa
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

A alta aceitabilidade das cesáreas desnecessárias e das intervenções no parto tem sido associada ao aumento de nascimentos prematuros e de termo precoce, com maior morbidade de mães e bebês. Os baixos níveis de literacia em saúde estão associados a maiores vulnerabilidades a desfechos negativos. Os aplicativos digitais podem ser usados para ampliar o acesso das mulheres a informações baseadas em evidências.

Objetivos

Promover as habilidades em literacia em saúde em mulheres (entre 18 e 49 anos), especificamente sobre segurança na assistência ao parto por meio de aplicativo digital para smartphone.

Metodologia

Estudo Randomizado Controlado (ERC) através de aplicativo de pesquisa de opinião pública, online, (N =20.608 ativas). As informações foram subdivididas em missões com textos e cartões (n=64) ilustrados e desenvolvidos para o projeto. Após um TCLE e um questionário de entrada, as integrantes foram alocadas aleatoriamente para os grupos Intervenção (I) ou Controle (C). (I) recebeu informações sobre segurança no parto; (C) recebeu informações sobre tipos de fralda. Na saída, os dois grupos responderam um questionário e as respostas foram comparadas entre os dois grupos.

Resultados

O estudo foi aplicado a 14.072 mulheres cadastradas no aplicativo que atenderam aos critérios de elegibilidade e completaram todas as etapas da pesquisa. O perfil médio das mulheres foi de: 29 anos, brancas (46,9%); de classe econômica B (44,7%); a maioria (41,9%) usuárias dos setores público e privado de saúde concomitantemente; e com filhos (49,5%). A intervenção (n=6.934) foi protetora, para todos os desfechos analisados, comparada ao controle (n=7.035). No grupo (I), foi verificado um aumento na percepção sobre risco e sofrimento materno e neonatal na cesariana e ainda maior preferência por um parto normal humanizado.

Conclusões/Considerações

A intervenção foi bem-sucedida em promover a literacia em saúde, fomentando as habilidades das mulheres na percepção de risco, sofrimento e risco no parto. O uso de aplicativos digitais na educação perinatal pode ser uma forma inovadora de promover escolhas informadas no parto.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Eixo Temático
  • Eixo 12 - Informação, Comunicação e Saúde: diálogos sobre novos cenários e desafios para a Saúde Coletiva