Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

A adolescência é uma importante fase de desenvolvimento e transformações que são cruciais para a maturação do cérebro. Contudo, as regiões que passam por transformações nessa fase se tornam mais vulneráveis aos efeitos das mudanças de padrões de sono. Assim, a redução da duração do sono nessa faixa etária pode afetar aspectos cognitivos, como o quociente de inteligência (QI).

Objetivos

Estimar a associação da duração do sono com o QI em adolescentes da Coorte de nascimentos de 1997/1998 de São Luís, Maranhão.

Metodologia

Estudo transversal, que incluiu 916 adolescentes com 18 e 19 anos. A variável de exposição foi a duração do sono medida objetivamente por meio de acelerômetro. A variável desfecho foi o QI, avaliado por meio da terceira edição da Escala de Inteligência Wechsler para Adultos. Para verificar a associação entre as variáveis exposição e desfecho foi utilizada regressão linear bruta e ajustada.

Resultados

A média de QI dos adolescentes foi de 103,1, sendo os valores médios maiores nos garotos (103,7±12,5) do que nas garotas (102,5±11,4), mas não houve diferença estatística significante. Não foi observada associação entre duração do sono e QI nem na análise bruta, nem na ajustada. Também não houve interação do sexo nessas relações.

Conclusões/Considerações

Embora a duração e qualidade do sono sejam de grande importância para o desenvolvimento de habilidades cognitivas na infância e adolescência, nesse estudo não foi encontrada associação entre duração do sono e QI. Esse resultado sugere que mesmo que alguns domínios cognitivos sejam mais sensíveis à baixa duração do sono, o quociente de inteligência é um domínio mais estável, que não é afetado pela duração do sono.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Eixo Temático
  • Eixo 06 - Saúde em um mundo globalizado, o diálogo Sul - Sul e a Agenda 2030