Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

O objetivo do estudo foi avaliar o efeito in vitro de 10 leguminosas taniníferas sobre a quantificação de bactérias totais na microbiota de bovinos de corte. A avaliação da bioatividade dos taninos foi realizada através de técnica de bioensaio in vitro. Os inóculos foram obtidos de quatro animais Nelore adultos fistulados. O delineamento experimental utilizado foi em blocos aleatorizados em arranjo fatorial, sendo 24 tratamentos: 12 forrageiras (dez leguminosas e 2 controles) com e sem polietilenoglicol, com 4 repetições (blocos) e duas réplicas dentro de cada bloco. Os parâmetros avaliados foram submetidos à análise de variância (ANOVA) e o teste de média utilizado foi Duncan ao nível de 5% de probabilidade. Os taninos condensados (TC) aumentaram o número total de bactérias presente no rúmen de bovinos de corte.