Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

Com o objetivo de avaliar o efeito do método de desaquecimento sobre a recuperação de cavalos submetidos a prova de tambor, foram utilizados 10 equinos adultos, da raça Quarto de Milha, treinados. No dia do teste, houve simulação da prova de três tambores e avaliou-se dois métodos de desaquecimento: 5 minutos de trote, seguidos por 5 minutos de passo ou 10 minutos ao passo. A frequência cardíaca (FC) e a concentração sanguínea de glicose e insulina foram mensuradas com o uso de frequencímetro portátil e kits bioquímicos. Foi observado efeito do método de desaquecimento (p0,05). Na coleta de 24 horas após o exercício, observou-se que a concentração sanguínea de lactato dos animais desaquecidos ao trote e passo foi menor. Cavalos desaquecidos a trote e passo apresentam recuperação mais efetiva, com remoção de catabólitos e aumento de glicemia em 24 horas, favorecendo a realização de atividades em dias seguidos.