Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

The enquiry for bioactive ingredients makes of Amazon a focus for the food and
pharmaceutical industries, targeting compounds that promote human health benefits, like the
phenolic compounds and flavonoids. An alternative for sustainable exploitation of these
compounds is the complete use of forest resources, such as cake (a biomass) a residue resulting
from oil extraction by press processes. In addition to the wide variety of cultivars in the forest, it is
also necessary to enquiry for more innovative techniques that are less damage to the environment
and benefit the plant extracts market, which generates revenue of more than one billion dollars
per year. However, it is known that conventional techniques have been used because they are
simpler and convenient. However, they generate toxic waste effluents and use expensive reagents.
This work aimed to extract bioactive compounds of andiroba, Brazilian nuts, murumuru, pracaxi
and tucumã oilseed biomass from the Amazon by conventional and unconventional methods using
ultrasound as green technology. The conventional method using methanol (60% w/v) and a shaking
bath was performed to compare the efficiency between both. In the optimized results of ultrasound
extraction for a desirability D of 0.6527, the condition chosen for all biomasses was 2% m/v ratio,
30% (m/v) ethanol and 15 minutes in the ultrasonic bath, obtaining results for the biomasses of andiroba, Brazilian nuts, murumuru, pracaxi and tucumã for phenolics compounds of 331.88; 640.48; 389.16; 565.85, and 1271.9 mg of EAG/ 100 g; for Flavonoids of 188.52; 134.49; 73.068; 123.34, and 216.84 mg of quercetin/ 100 g, respectively. This study reveal that the values were an increase of 4 to 5 times more bioactive compounds yield using ultrasound technology, generating not only a more concentrated product but also through a technology considered green by not generating waste that could be harmful to the planet.

Questões (16 tópicos)

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Autor

Matheus Cristo

The use of Amazonian biomass for the preparation of pharmaceutical products and food formulations can bring a range of products with greater nutritional appeal, as well as an important highlight for the Amazon region. Furthermore, there is still little work on the use of Amazonian biomass and its applicability.

Autor

Matheus Cristo

Esta tecnologia visa a substituição de um reagente agressivo (metanol) para o ambiente por um mais um mais sustentável e menos prejudicial  (etanol), o que a torna uma tecnologia importante para a preservação do meio ambiente. A aplicação a nível indústria é realmente viável pois além de não acarreta danos ao meio ambiente, o ultrassom otimiza o processo de extração, além de obter um produto mais concentrado em comparação ao método convencional 

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado! Estas biomassas são excelentes fontes de compostos bioativos que desempenham importante papel para a indústria de alimentos no qual atuam para manutenção, agregação de aspectos funcionais e conservação de produtos. Além disso, evidenciam a região amazônica, na qual possui uma gama de frutos e amêndoas que possuem propriedades bioativas que necessitam serem exploradas 

Alice Malveira

👏🏻👏🏻💡

Autor

Matheus Cristo

A adoção de tecnologias mais limpas e menos agressivas ao meio ambiente podem trazer benefícios como o diminuição do descartes de reagentes poluentes e com alta carga de compostos que prejudiquem o desenvolvimento do mesmo, além disso, tecnologias como essas permitem tanto inovar como adquirir compostos mais concentrados que em comparação as tecnologias convencionais 

Autor

Gustavo Guadagnucci Fontanari

Eliminação de resíduos, preservação do meio ambiente e técnica mais eficiente. Atualmente vemos o impacto da desordem ambiental se refletir no clima. Muito disso é ocasionado pelo desmatamento e mudanças geográficas de determinadas regiões, porém, a poluição ambiental como o descarte de resíduos químicos e exploração inadequada dos recursos não renováveis, contribuem para o desequilíbrio ambiental. A busca por técnicas "verdes" visa evitar esse desequilíbrio e principalmente usar recursos que sejam renováveis e de baixo impacto na natureza. 

Autor

Matheus Cristo

A tecnologia de ultrassom oferece vantagens na extração de compostos bioativos, como eficiência, redução do tempo de extração e obtenção de compostos mais concentrados. No entanto, alguns desafios incluem a otimização dos parâmetros ultrassônicos para diferentes materiais e custos de equipamentos.  Os métodos convencionais podem ser mais adequados em certos casos, especialmente quando a sensibilidade dos compostos à temperatura é uma preocupação, como em extratos termolábeis ou quando se necessita de extrações em grande escala, onde o custo-benefício do ultrassom pode ser menos vantajoso.

Autor

Matheus Cristo

A utilização de reagentes não tóxicos ao meio ambiente e com o auxílio do ultrassom demostraram ser uma combinação promissora para a extração destes compostos, além disso com o uso destes reagentes os impactos ao meio ambiente irão reduzidos

Autor

Matheus Cristo

A disseminação do uso destas tecnologias vai ser um importante passo para que ela possa ser mais utilizada, assim como o uso de biomassas amazônicas, onde o estado do Pará possui um grande potencial de reaproveitamento, visto que possuir muitas matérias primas destinadas para a extração de óleo, 

Autor

Gustavo Guadagnucci Fontanari

A tecnologia empregada no trabalho foi para extrair compostos fenólicos, usando não apenas o ultrassom, as também o emprego de um solvente considerado "verde" por ser renovável. As empresas processadoras de óleos no Pará, que utilizam essas matérias primas usadas no trabalho, costumam empregar o método de pressão a frio para extração do óleo. Nesse caso, o maior problema gerado é a biomassa "torta" gerada no final do processo. Temos trabalhos conduzidos pelo grupo que também visam o aproveitamento dessa biomassa, veja nos links abaixo:

 

https://proceedings.science/slacan-2023/trabalhos/functional-potential-of-amazonian-biomass-protein-extraction-flavonoids-phenolic-2?lang=pt-br

 

https://proceedings.science/slacan-2023/trabalhos/functional-potential-of-amazonian-biomass-protein-extraction-flavonoids-phenolic?lang=pt-br

 

 

Autor

Matheus Cristo

Tecnologia verde é uma técnica que acarreta danos mínimos ao meio ambiente e usados para substituir técnicas convencionais, com isso em mente esta técnica  utiliza um reagente que não acarreta prejuízos ao meio ambiente, além da tecnologia de ultrassom ser uma técnica simples 

Editado
Autor

Gustavo Guadagnucci Fontanari

Olá Adriana,

A extração desses compostos normalmente usa solventes orgânicos não renováveis. Nesse caso, a proposta foi usar o etanol, que é limpo e renovável, aliado a técnica de ultrassom que melhora nos resultados de extração dos compostos.

Aproveite também para conhecer nossas outras pesquisas que utilizam o aproveitamento de resíduos:

 

https://proceedings.science/slacan-2023/trabalhos/functional-potential-of-amazonian-biomass-protein-extraction-flavonoids-phenolic-2?lang=pt-br

 

https://proceedings.science/slacan-2023/trabalhos/functional-potential-of-amazonian-biomass-protein-extraction-flavonoids-phenolic?lang=pt-br

 

 

Autor

Matheus Cristo

Estudos prévios nos permitiram observar a potencial destas biomassa em relação aos seus compostos bioativos, estudos futuros nos permitiram determinar a aplicabilidade destas biomassas, no entanto temos o foco para a aplicação em formulações de alimentos ou para elaboração de produtos farmacêuticos que visam atender a demanda de mercado para produtos funcionais 

Autor

Matheus Cristo

Sobre aos custos desta tecnologia de tem conhecimento de ser um pouco onerosa, visto que o equipamento de ultrassom tende a custa valores acima da média 

Instituições
  • 1 Universidade Federal Rural da Amazônia / ISPA
  • 2 Universidade Federal do Pará / Instituto de Tecnologia / Programa de Pós-Graduação em Ciencia e Tecnologia de Alimentos
  • 3 Universidade Federal do Pará / Faculdade de Engenharia de Alimentos / Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • 4 Universidade Federal do Pará / Instituto de Ciências da Saúde / Nutrição
  • 5 Instituto da Saúde e Produção Animal - Universidade Federal Rural da Amazônia
  • 6 Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA / Instituto da Saúde e Produção Animal - ISPA
  • 7 Instituto da Saúde e Produção Animal (ISPA) / UFRA
Eixo Temático
  • Engenharia de Processos e Tecnologias Emergentes (ET)
Palavras-chave
Amazon biomass; unconventional methods; green technologies