Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

O licor de jambu é uma bebida alcoólica comum na região Norte do Brasil. O jambu (Acmella oleracea) é reconhecido pelo seu teor de compostos ativos, como o espilantol, responsável pela sensação de dormência. O própolis, por sua vez, possui origem da espécie Scaptotrigona sp., em que apresenta propriedades antioxidantes, antimicrobianas e anti- inflamatórias, além de possuir potencial para enriquecer a composição nutricional e funcional do licor de jambu. Assim, o presente estudo objetivou explorar a viabilidade de incorporação do própolis (5% v/v) como um ingrediente funcional no licor de jambu, o qual utilizou-se 1,5L de aguardente para 400g de jambu. Para isso, foram utilizados métodos de análises físico- químicas (pH e acidez total) e sensorial (teste de aceitação). Para tal, foram utilizadas amostras de licor de jambu sem própolis (L1) e amostras com a adição de 5% de própolis (L2). Os jambus foram moídos e triturados e em seguida acondicionados em infusão em aguardente de cana a 38% de volume alcoólico. O extrato de própolis foi elaborado com 10g de própolis e 100ml de solução hidroetanólica a 70%, seguido por etapa de separação do etanol por evaporação. Os resultados de L1 e L2 mostraram-se semelhantes quanto ao pH e sólidos solúveis, respectivamente, de 6,41 e 6,47; e 29° Brix para ambas, o que resulta na denominação de licor

fino ou doce, conforme legislação. Em relação à acidez total a amostra L1 obteve-se 0,28±0,1% e L2 0,05±0,005%. Nos atributos sensoriais, não houve diferença entre as médias de aceitação (p > 0,05), o que nos permite adicionar própolis como ingrediente funcional sem alterar o padrão sensorial de uma aguardente licorosa. Os dados analisados destacam a importância da inovação na elaboração de produtos autênticos regionais funcionais.

Questões (53 tópicos)

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Autor

Stella de Cássia de Abreu Moreira

❤️❤️❤️

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Vamos juntos em busca de aumentar a visibilidade e reconhecimento de nossos produtos amazônicos!

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado! Sim, o trabalho partiu da ideia e dedicação de nós alunos e com apoio de professores 

Alice Malveira

Que bacana, são alunos da graduação?

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Muito obrigada, Ingrid! 

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado! A adição de própolis foi fundamental para a inovação do produto, a aceitabilidade do licor adicionado de própolis nos permite avança na pesquisa e averiguar os benefícios nutricionais do própolis ao licor de jambu 

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Boa noite Kaio, muito bom saber do seu interesse por produtos inovadores amazônicos. Obrigada!

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Boa noite Fausto, muito obrigada! Inovar é necessário para aumentar a visibilidade de matérias-primas com grande potencial de funcionalidade, principalmente as amazônicas que possuem grande valor nutricional e diversas formas de aplicabilidade.

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Que bacana Iury! Pois então, o jambu é uma matéria prima amazônica muito rica em questões nutricionais, e por estar vindo ganhando destaque, adições de subprodutos regionais na bebida são importantes não só para agregar ainda mais funcionalidade ao produto final mas também de potencializar a visibilidade de outra matéria prima da região.

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado!!

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Muito obrigada!!

Alice Malveira

Verdade, importante salientar a compreensão elucidativa, nem sempre os resumos conseguem passar a ideia principal e se fazer entender. Fizeram um trabalho excelente!!!

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Bom dia Haroldo! Pesquisas que buscam diversificar nossas matérias-primas amazônicas que possuem grande potencial sensorial e nutricional são de grande importância, visando movimentar a economia na região.

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado!!!

Autor

Matheus Cristo

‘Muito obrigado! Ficamos felizes que você gostou do nosso trabalho 

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado pelos seus elogios!!

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado pelo seu elogio!!!

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado! A nossa região possui um grande potencial para a valorização de produtos, esperamos que no futuro mais frutos amazônicos tenham esse destaque 

Autor

Matheus Cristo

Siim! As pesquisas sobre os frutos amazônicos está em grande crescente, esse olhar para a Amazônia nos permite trazer finaciamentos para a preservação e conservação desta floresta tão importante para o mundo e a biodiversidade 

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Bom dia Lene, muito obrigada pelo elogio!

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado!!

Autor

Tuanny David Moraes

Muito obrigada, nossa intenção é expandir o projeto, proporcionado melhorias e agregando a ciência dos alimentos. Com certeza em uma breve oportunidade você poderá experimentar. 😘

Autor

Stella de Cássia de Abreu Moreira

Muito obrigada!! Esperamos ampliar os produtos regionais e trazer resultados para nossa região. 

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado! Nós buscamos inovar e agregar valores a essa matéria prima bastante popular no Pará

Autor

Matheus Cristo

Muito obrigado!!

Autor

Emilly Beatriz Borges Marçal Marçal

Muito obrigada prof!

Autor

Matheus Cristo

Ficamos imensamente felizes com seu comentário! Muito obrigado!

Instituições
  • 1 Universidade Federal Rural da Amazônia
  • 2 ISPA - Instituto de Saúde e Produção Animal / UFRA (Universidade Federal Rural da Amazônia)
  • 3 Universidade Federal Rural da Amazônia / ISPA
  • 4 Universidade Federal do Pará / Faculdade de Engenharia de Alimentos / Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
  • 5 Instituto de Saúde e Produção Animal – ISPA / Universidade Federal Rural da Amazônia
Eixo Temático
  • Formulação e Processamento de Alimentos (FP)
Palavras-chave
LICOR; Jambu; propolis