52715

AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA DE PRODUTOS DE PESCADOS OBTIDOS EM SUPERMERCADOS LOCALIZADOS EM NITERÓI/RJ

Favorite this paper

O pescado é um alimento que se destaca quanto à quantidade e qualidade das suas proteínas, à presença de vitaminas e minerais e por ser fonte de ácidos graxos essenciais. Em geral, é um alimento muito perecível, quando comparado com outros alimentos in natura, pois apresenta uma vida comercial relativamente curta e é o que mais sofre deterioração post mortem do músculo com relação aos outros produtos de origem animal. As amostras de pescado incluem peixe tipo bacalhau, kani-kana, mexilhão in natura, camarão in natura, filé de peixe anchovado, carpaccio de salmão e sardinha enlatada foram adquiridos em seis supermercados na cidade de Niterói-RJ localizados próximos ao Laboratório de Controle Microbiológico de Produtos de Origem Animal da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal Fluminense. As análises microbiológicas foram realizadas de acordo com a Instrução Normativa nº62 para observar presença de microrganismos indicadores das condições higiênico-sanitárias dos produtos e processamentos, sendo elas: Contagem de coliformes a 45°C/g, Enumeração de Estafilococos coagulase positiva/g e Pesquisa de Salmonella spp, Contagem de Bactérias Heterotróficas Aeróbias Mesófilas, Contagem de Estafilococos coagulase positiva, Contagem de microrganismos halofílicos, Contagem de fungos, Identificação de Enterococcus sp e Número Mais Provável de Coliformes Totais e Termotolerantes em Alimentos. No total foram analisadas nove amostras, sendo uma de peixe tipo bacalhau, kani-cana, mexilhão in natura, filé de peixe achovado e carpaccio; para camarão in natura e sardinha enlatada, foram duas. Os resultados encontrados foram comparados com a RDC nº12 e seis amostras foram reprovadas, sugerindo falhas sanitárias durante o processamento ou provenientes de manipulação inadequada revelando a importância de um maior controle higiênico-sanitário. Com os resultados obtidos recomenda a conscientização daqueles que trabalham com alimentos contribuindo para evitar ou diminuir os surtos de doenças causadas por alimentos visto que a maioria desses problemas pode ser controlada.