58275

ASPECTOS RADIOGRÁFICOS E TOMOGRÁFICOS DE MESOTELIOMA EPITELIOIDE PLEURAL EM UM CÃO

Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

O mesotelioma é uma neoplasia rara em cães de origem de células mesoteliais multipotenciais da pleura ou peritônio, sendo que na maioria dos relatos em humanos e animais pode estar associado com à exposição ao amianto1. O mesotelioma pode apresentar inicialmente dispneia, dor torácica e em estágios avançados perda de peso, febre e tosse2. A radiografia de tórax é o primeiro exame de escolha para a detecção do mesotelioma pleural, e quando associado à tomografia computadorizada possibilita determinar com maior sensibilidade sua extensão e possível invasão para estruturas adjacentes, como o mediastino, parênquima pulmonar e parede abdominal3. O objetivo do presente trabalho é demonstrar os aspectos radiográficos e tomográficos de mesotelioma epitelióide pleural.