73687

Os tipos de argumentos do gênero debate político televisionado

Favorite this paper

Esta investigação faz uma análise retórico-textual dos tipos de argumento descritos por Perelman-Tyteca (2014), Fiorin (2015) e Reboul (2004), destacando suas funções sociais e seu potencial persuasivo para o gênero debate político televisionado. Nesse gênero, os debatedores/enunciadores produzem enunciados repletos de argumentatividade, gerando argumentos controversos. Além dos mencionados autores, esta pesquisa traz contribuições teóricas de Abreu (2009), Aristóteles (2011), Costa (2008) e Marcuschi (2003 e 2008). O corpus é constituído por transcrições de um debate político das eleições presidenciais de 2014, o qual compõe a pesquisa análise da persuasão no debate político (CAPES/UFAL). As análises apontam para a inter-relação dos meios persuasivos com os tipos de argumento, uma vez que essas categorias argumentativas, quando juntas, dão força argumentativa aos enunciados do gênero debate. Assim, este estudo se mostra relevante por analisar como se dá o processo argumentativo-persuasivo nesse gênero e como acontecem as relações sociais em ambiente discursivo televisivo.