AVALIAÇÃO DO IMPACTO DO USO DE DIFERENTES MODELOS DIGITAIS DE ELEVAÇÃO NO PROCESSAMENTO DINSAR PARA DETECÇÃO DE MOVIMENTAÇÃO DE SUPERFÍCIE: UM ESTUDO DE CASO NA BARRAGEM I, BRUMADINHO, MINAS GERAIS, BRASIL

Vol 20, 2023. - 155853
Anais / Proceedings XX SBSR
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

O presente estudo propõe uma intercomparação de resultados de deslocamento de superfície gerados através da técnica de interferometria SAR (Synthetic Aperture Radar) utilizando modelos digitais de elevação (MDE) distintos. A área teste compreende a barragem de rejeitos da mina Córrego do Feijão em Brumadinho/MG que se rompeu em 25 de janeiro de 2019. Os processamentos foram realizados em 33 imagens SAR do satélite Sentinel-1. Para os fins de comparação, três MDEs foram utilizados: SRTM 1 Arc-Second Global 30m, ALOS World 3D (AW3D) 30m e TanDEM-X Global 12m (WorldDEM), sendo os dois primeiros modelos de acesso gratuito e o último comercial. As diferenças entre os MDEs foram avaliadas pelos erros MAPE (Mean Absolute Percentage Error) e RMSE (Root Mean Squared Error). Os resultados indicam que o uso do AW3D mostrou valores de deslocamentos mais próximos quando comparado ao uso do WorldDEM, sugerindo a sua utilização sem considerável perda de informação.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!

Instituições
  • 1 Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • 2 Universidade Federal de Goiás
  • 3 Visiona Tecnologia Espacial S.A.
Eixo Temático
  • 25. Sensoriamento remoto de microondas
Palavras-chave
Modelo Digital de Elevação; Interferometria SAR; barragem; Sentinel-1