ANÁLISE DOS SISTEMAS DEGRAD E DETEX EM ÁREAS DE FRONTEIRA AGROPECUÁRIA DA AMAZÔNIA

Vol 19, 2019 - 96985
Pôster
Favorite this paper
How to cite this paper?
Abstract

O processo de degradação florestal, causado pelo fogo
florestal e corte seletivo de madeira, tem despertado o
interesse nacional e internacional sobre a Amazônia,
gerando políticas e ações de controle específicas para sua
contenção, bem como as políticas de REDD+. No Brasil, a
degradação florestal é monitorada pelos sistemas DETEX e
DEGRAD do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
(INPE). Este trabalho utiliza análise espacial de dados
geográficos para avaliar os dados produzidos por esses
sistemas nas regiões de Novo Progresso (PA) e Sinop (MT)
no período de 2009 a 2015, juntamente com dados de focos
calor. Como resultado, foram encontradas indicações da
ocorrência de degradação florestal nas áreas de concessão
florestal. Sobreposições entre os dados produzidos pelos
sistemas DETEX e DEGRAD foram encontradas, o que
indica a possibilidade de exploração irregular em áreas
manejadas, que deverá ser investigada posteriormente.

Institutions
  • 1 Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
Track
  • Degradação de florestas
Keywords
avaliação de dados
monitoramento da degradação florestal
exploração seletiva de madeira