POLÍTICA HÍBRIDA DE MANUTENÇÃO DE DUAS FASES VOLTADA PARA SISTEMAS CRÍTICOS USANDO O CONCEITO DELAY-TIME

Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Detalhes
  • Tipo de apresentação: Trabalho completo (oral)
  • Eixo temático: 16. POI – PO na Indústria
  • Palavras chaves: Política de manutenção híbrida; Sistemas críticos; Delay-time;
  • 1 Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

POLÍTICA HÍBRIDA DE MANUTENÇÃO DE DUAS FASES VOLTADA PARA SISTEMAS CRÍTICOS USANDO O CONCEITO DELAY-TIME

Waldomiro Alves Ferreira Neto

Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

Resumo

Sistemas críticos são sistemas cujas falhas podem gerar prejuízos em múltiplas dimensões. Neste contexto, adotar uma política de manutenção eficaz é de suma importância, pois um dos objetivos da manutenção é prevenir as sérias consequências decorrentes de uma falha. Assim, este trabalho apresenta um modelo de manutenção híbrida de duas fases voltado para sistemas críticos, onde uma das fases de inspeção tem sua periodicidade reduzida por um fator de redução. O processo de falha do sistema foi modelado segundo o conceito delay-time, que caracteriza o sistema em três possíveis estados: bom, defeituoso e falho. Sua eficiência é validada através de um modelo analítico que avalia o desempenho da política em relação ao custo, taxa de falha e downtime esperados ao longo prazo. Após a aplicação em um estudo de caso, o modelo apresentou o custo e taxa de falha esperada no longo prazo menor que outras políticas existentes.

Questões

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!