Favoritar este trabalho

Período de Realização
Essa experiência ocorreu de Junho a Dezembro de 2017


Objeto da Experiência
Descrever a estratégia de grupos como ferramentas de tecnologia leve. Apresentar os principais grupos pertinentes a Atenção Primária aplicados na UAPS Irmã Hercília


Objetivos
Reduzir tabagismo, oferecer suporte aos pacientes tabagistas, auxiliar a mãe em quesitos da puericultura, auxiliar na assitência pré-natal, promover resgate da autoestima da gestante, construir redes sociais solidárias, resgatar identidade e autoconhecimento dos paticipantes.


Metodologia
Dentro do planejamento de ações, os grupos vulneráveis e os identificados como demanda através das estratificações de risco, foram divididos em grupos operativos (tabagismo, Puericultura, Gestantes, Doenças Crônicas, Planejamento Reprodutivo) e grupos compartilhados (psicoterápico, Terapia Comunitária Integrativa, Resgate de autoestima).


Resultados
Aumento na adesão e participação nos grupos.Redução no consumo de psicotrópicos foi relevante. As ações intersetoriais se fortaleceram. Maior Integração da Equipe Multidisciplinar. Maior empoderamento no autocuidado. A Troca de Experiências entre os participantes trouxe grandes êxitos no território.


Análise Crítica
Um planejamento bem feito e voltado para a realidade local, de acordo com as especificidades de cada grupo/território logrará melhores resultados. As teconologias propostas favoreceram novas demandas no contexto do cuidar, fomentando ações no controle e prevenção de doenças e agravos, auxiliando ações da Promoção da Saúde.


Conclusões e/ou Recomendações
Somente com a Educação em Saúde atingimos a Promoção da Saúde. A experiência descrita mostra uma teconologia de baixo custo e grande amplitude nos resultados. Aumentar a abrangência desse tipo de tecnologia com a finalidade de atingir a maior parte da população.