Favoritar este trabalho

Período de Realização
As atividades deste relato de experiência aconteceram durante março e julho de 2017.


Objeto da Experiência
Idosos do Abrigo Sagrado Coração de Jesus em Sobral – CE e as Equipes de Saúde Bucal (ESB) de um Centro de Saúde da Família (CSF) do município.


Objetivos
Relatar as conquistas que facilitaram o acesso à atenção odontológica para os idosos residentes do abrigo, desenvolvidos por acadêmicos durante a disciplina de Estágio em Atenção Primária do Curso de Odontologia da Universidade Federal do Ceará – Campus Sobral.


Metodologia
O projeto de intervenção foi baseado em duas visitas ao abrigo realizadas para criação de vínculo, reconhecimento da realidade e das principais necessidades clínicas dos longevos. Com as informações colhidas foram criados um relatório situacional e um planejamento que foram apresentados ao Coordenador de Saúde Bucal do município, a Gerência do Abrigo e a ESB do CSF como proposta para o projeto, divido em uma capacitação com os funcionários do abrigo e a instalação de um consultório odontológico.


Resultados
A capacitação com todos os funcionários do abrigo tornou possível a construção coletiva do conhecimento e a troca de informações entre os funcionários e estagiários a respeito da Saúde do Idoso. A instalação do consultório odontológico, tornou viável a realização de procedimentos clínicos no próprio abrigo, garantindo atendimento domiciliar aos idosos tanto pela ESB do CSF quanto por um Projeto de Extensão da Universidade que realiza procedimentos de reabilitação oral nos idosos.


Análise Crítica
A implementação e aceitação do atendimento odontológico no espaço do abrigo, tanto pelos usuários, gerência do abrigo e coordenação de saúde bucal, foi completa devido a negociação e aceitação entre as esferas (CSF, Abrigo Sagrado Coração de Jesus e Prefeitura Municipal de Sobral), e se tornaram possíveis graças ao bom planejamento e a grande necessidade que os longevos apresentaram.


Conclusões e/ou Recomendações
O projeto de intervenção possibilitou uma melhoria ao acesso à atenção odontológica por meio do atendimento domiciliar e também abriu espaço para que outras ações em saúde possam ser realizadas, como atendimentos de projetos do curso de Odontologia da Universidade Federal do Ceará-Campus Sobral, ações coletivas oferecidas pela rede de saúde, campanhas de prevenção de câncer bucal, além da assistência.