101769

INOVAÇÕES NA REVISÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE FARMANGUINHOS: DIAGNÓSTICO INTERNO BASEADO EM EVIDÊNCIAS E ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA PARA A UTILIZAÇÃO DE RECURSOS

Favoritar este trabalho

Período de Realização
03 de maio a 06 de dezembro de 2017.


Objeto da Experiência
Revisão do Planejamento Estratégico (PE) 2016-2019 para garantir a sustentabilidade de Farmanguinhos em um contexto de forte restrição orçamentária.


Objetivos
Revisar o Planejamento Estratégico, por meio do diagnóstico dos ambientes externo (oportunidades e ameaças) e interno (forças e fraquezas baseadas em evidências) e elaborar novas estratégias/iniciativas estratégicas desdobradas em projetos, em consonância com os desafios impostos pelo cenário atual.


Metodologia
A metodologia dividiu-se em três fases: a) levantamento de informações via survey on-line (FORMSUS)/pareceres, embasados na Cadeia de Valor e Funções Organizacionais, para o ambiente interno, e pareceres baseados no modelo PESTAL e Cinco Forças de Porter, para conhecimento do ambiente externo; b) análise de conteúdo temática, com uso de evidências para confirmar a existência de forças/fraquezas institucionais; c) oficinas para capacitação e formulação de estratégias e iniciativas estratégicas.


Resultados
Como resultados destacam-se a identificação de 13 fraquezas, 2 forças, 10 ameaças e 7 oportunidades, que permitiram elaborar 6 estratégias e 17 iniciativas estratégicas desdobradas em 53 projetos. Tais projetos englobam macroprocessos finalísticos (Produção, Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico) e de suporte de Farmanguinhos. Também, como resultado, destaca-se a criação de ferramenta de análise e priorização inovadora: o mapa de relações de fraquezas, oportunidades e ameaças.


Análise Crítica
O uso de evidências, para confirmar forças e fraquezas institucionais expostas via pesquisas e pareceres, foi inovador por romper com ideários da cultura organizacional e mostrar a necessidade de melhor sistematização das práticas. A elaboração de survey via FormSUS garantiu a privacidade de 127 respondentes e o acesso on-line. O mapa de relações facilitou a análise de fraquezas, oportunidades e ameaças, com classificação das fraquezas de maior impacto, a partir do princípio de Pareto.


Conclusões e/ou Recomendações
A revisão do PE revelou-se profícua para Farmanguinhos, provando que é possível realizar uma experiência deste porte, com inovações, sem consultoria e de forma coletiva, envolvendo profissionais de toda a organização. Também inova ao orientar o uso estratégico de recursos e o acompanhamento dos projetos, monitorados e avaliados pela área de Planejamento, com apoio do CD. Recomenda-se que o PE seja revisado, monitorado e avaliado sistematicamente.