101596

A HANSENÍASE NO CONTEXTO DA INTEGRAÇÃO ENSINO E SERVIÇOS DE SAÚDE NA ATENÇÃO BÁSICA: UMA EXPERIÊNCIA DO CURSO DE MEDICINA DO CAMPUS DE ALTAMIRA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Favoritar este trabalho

Período de Realização
Outubro de 2017 a Fevereiro de 2018


Objeto da Experiência
Práticas de integração, ensino e serviço junto ao curso da área da saúde tendo como propósito o controle da hanseníase envolvendo aprendizagem ativa.


Objetivos
Detectar casos de hanseníase desenvolvendo habilidades no contexto da educação em saúde e exame clínico de sintomáticos dermatológicos. Aumentar busca de usuários aos serviços de saúde para diagnóstico da hanseníase, a fim de interromper o ciclo de transmissão da doença e evitar sequelas.


Metodologia
Utilizou-se o recurso da problematização. Os discentes mobilizaram profissionais de saúde a realizarem sessões educativas com produção de materiais aplicados em rodas de conversa, a fim de informar sobre os sinais e sintomas da doença. Os usuários sintomáticos que procuraram o serviço de saúde passaram por exames específicos feitos pelos discentes acompanhados do orientador. Em seguida, os médicos da equipe de saúde realizaram o diagnóstico e o tratamento, com as devidas orientações.


Resultados
Os discentes teorizaram e colocaram em prática habilidades de comunicação e de exame clínico, além de participarem de forma integrada na rotina do serviços de saúde a partir da proposta das atividades que foram desenvolvidas nas unidades. O processo de educação em saúde implementado aos usuários despertou a atenção da comunidade levando ao aumento de exames de sintomáticos dermatológicos na unidade de saúde.


Análise Crítica
A mobilização dos acadêmicos no cenário real de prática frente a uma situação problema, geram impactos na saúde individual e coletiva em um território. Nesse caso, o diagnóstico precoce da hanseníase representa um evento importante pela possibilidade de se evitar lesões e agravamentos de lesões neuromusculares gerados pelo Mycobacterim leprae. No âmbito coletivo, a interrupção da cadeia de transmissão da doença evita que outros indivíduos adoeçam e permitindo o controle da doença.



Conclusões e/ou Recomendações
O processo de integração, ensino e serviços de saúde com metodologias ativas oportuniza estudantes a vivenciar importantes formas de aprendizado. Logo, a consolidação do saber teórico à experiência prática possibilita o discente desenvolver aplicação de proposta que fortaleça o sistema único de saúde a partir do aprimoramento da promoção. O cenário de prática induz o indivíduo a novas habilidades e o prepara a ser crítico à realidade do sistema.