69610
Favorite this paper

A ASSISTÊNCIA QUALIFICADA NA TERAPIA INTRAVENOSA E INFUSÕES. Na década de 70, nos Estados Unidos, desenvolveu-se um dispositivo que, inserido em veias periféricas e protegido até os vasos centrais, adquire características de cateter central. Inicialmente implantado na UTI, foi denominado PICC, sigla em inglês. É uma alternativa segura de acesso venoso central de permanência prolongada, que permite a administração de soluções de alta osmolaridade e extremos de pH, ou vesicantes, as veias periféricas. O objetivo deste estudo é descrever os resultados dos indicadores de qualidade e custo relacionados à terapia intravenosa (PICC) em hospital privado que possui um TIME DE PICC. Trata-se de pesquisa comparativa que irá analisar variáveis qualitativas e quantitativas, com relato de experiência. Os dados foram coletados do Gerenciador de Documentos da Instituição. No primeiro semestre houve 2833 passagens de PICC com 23 casos de perdas, devido ao déficit dos enfermeiros em relação à prática da inserção, manutenção e manipulação do PICC. No segundo semestre, após a implementação do TIME DE PICC, houve 3276 passagens de PICC com 16 perdas. Entre o primeiro semestre de 2015 e o segundo semestre de 2015 foi observada a redução de 40% de perdas de PICC. Consequentemente houve uma redução de 30% nos custos, de R$10.120,00 no primeiro semestre para R$7.040,00 no segundo semestre. Os resultados apresentados nesta pesquisa demonstram a necessidade de acompanhamento diário da assistência de enfermagem para os pacientes em tratamento com uso de PICC, a promoção e atualização contínua da equipe de enfermagem na inserção, manipulação e manutenção do dispositivo. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: 1.LOURENÇO, S.A. KAKEHASHI, T.Y Assistência de Enfermagem pré e pós-inserção imediata do cateter central de inserção periférica em pacientes neonatais. Nursing (São Paulo); 6(63) agosto. 2003. 2.LOURENÇO, S.A; OHANA, C.V.S. Conhecimento dos enfermeiros sobre a técnica de inserção periférica em recém-nascidos. Ver. Latino Am. Enfermagem (São Paulo); mar-abr.2010. 3.BAGGIO M.A, Bazzi F.C.S, Biblio C.A.C Cateter Central de Inserção Periférica: descrição da utilização em UTI Neonatal e Pediatrica. Florianópolis; 2010.