ARGUMENTAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Detalhes
  • Tipo de apresentação: Simpósio Temático
  • Eixo temático: ST12 - ARGUMENTAÇÃO NO DISCURSO INFANTIL
  • Palavras chaves: Argumentação. Educação Infantil. Aprendizagem;
  • 1 Universidade Federal de Alagoas

ARGUMENTAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Lorena Barbosa

Universidade Federal de Alagoas

Resumo
O presente trabalho busca discutir a possibilidade de trabalhar com argumentação na educação infantil. Para isso, focaliza o desenvolvimento de ações pedagógicas que visam promover o desenvolvimento da argumentação do berçário ao segundo período, compreendendo sua importância para o desenvolvimento cognitivo infantil (especialmente para a gênese do pensamento reflexivo). A partir de Leitão, define-se argumentação pela presença de três elementos: o argumento (ponto de vista e elementos de apoio), o contra-argumento (ações verbais ou não verbais que desafiam o argumento) e a resposta (reações ao contra-argumento). A argumentação é compreendida enquanto ação discursiva que surge a partir da oposição entre pontos de vista distintos, possibilitando a ponderação de ideias e perspectivas alternativas. O foco na argumentação se fundamenta na compreensão de que os movimentos dialógicos inerentes a ela, caracterizam o processo argumentativo como eminentemente reflexivo, tendo papel fundamental nos processos de construção do conhecimento, bem como no desenvolvimento do pensamento reflexivo. Segundo Leitão, a apropriação de modos socialmente compartilhados de afirmar pontos de vista, opor-se e responder à oposição (constitutivos da argumentação) teria sua gênese mais remota em processos de negociação entre criança-adulto. Assim, este trabalho possui relevância na medida em que se considera a necessidade de formação de alunos com capacidade crítico-reflexiva e autônomos desde as séries iniciais da educação básica. Dito isso, o trabalho tem como objetivo investigar os impactos das intervenções realizadas para desenvolver a produção de argumentos por crianças da educação infantil. Quanto à metodologia, foram propostas e analisadas ações de intervenção que visavam promover o desenvolvimento da argumentação com crianças de 2 a 6 anos em um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) em Maceió-Al. Foi realizado o registro videográfico das atividades, seguido da análise dos dados produzidos. Esta última foi realizada em duas etapas, inicialmente os episódios argumentativos foram identificados e delimitados - a partir da unidade de análise proposta Leitão: argumento, contra-argumento e resposta, em seguida foram construídas interpretações sobre as características, qualidade e os processos que regularam o desenvolvimento da argumentação, buscando refletir sobre como a argumentação possibilita a aprendizagem e reconstrução de conceitos, ressaltando-se o papel dos adultos enquanto mediadores deste desenvolvimento.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!