Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (NUTES) da UEPB, expandindo os projetos de ATS

Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Detalhes
  • Tipo de apresentação: Pôster
  • Eixo temático: 1. Políticas e processos de ATS
  • Palavras chaves: nats; Medicamentos; procedimentos; Equipamentos; ats;
  • 1 Universidade Estadual da Paraíba
  • 2 Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco
  • 3 Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Por favor, faça o login para assistir o vídeo

Entrar
Resumo
Introdução: O NUTES é o Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde, da Universidade Estadual da Paraíba/UEPB e existe desde 2006. Este é formado por 6 laboratórios de pesquisa e desenvolvimento: Laboratório de Análise de Imagens e de Sinais – LAIS, Laboratório de Instrumentação e Ensaios Eletrônicos – LIEE, Laboratório de Certificação e Engenharia de Software – LCES, Laboratório de Tecnologias 3D – LT3D, Laboratório de Instrumentação Biomédica e Ensaios Eletrônicos – LIBE e o Laboratório de Usabilidade e Fatores Humanos – LUFH. Desde 2016 o Núcleo faz parte da rede REBRATS e em 2019 o NUTES, junto com o CERTBIO (da Universidade Federal de Campina Grande/UFCG) formaram a Rede Paraíba de Núcleos de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS),associada ao REBRATS. O foco principal da instituição tem sido equipamentos e softwares, mas em 2020, iniciou-se um projeto para expandir as avaliações de tecnologia, incorporando também aspectos referentes a medicamentos. Materiais e Métodos: As necessidades em termos de gerenciamento de recursos nas áreas de farmácia e medicamentos e equipamentos, dos gestores públicos e privados (no nível ambulatorial e hospitalar) da região foram avaliadas. Para a área de medicamentos uma parceria externa com profissionais ligados à área de ATS, farmácia e medicina foi estabelecida. Em conjunto, os pesquisadores do NUTES e parceiros externos elaboraram um projeto específico que pudesse contemplar os gaps e necessidades dos gestores locais. Reuniões do tipo brainstorm, seguidas de discussão de casos-cenário foram realizadas. Resultados: Criou-se um projeto piloto com um portfólio de atividades integradas para o desenvolvimento de ferramentas específicas de diagnóstico situacional, melhoria de processos de produção, incorporação e utilização apropriada e racional de tecnologias nos serviços assistenciais de saúde e ainda, de sistemas integrados de auto-auditoria. Conclusões: A relevância da ATS em inúmeros setores da saúde é cada vez mais evidente. Todo gestor, seja ele do setor público ou privado, se depara sempre com um desafio, com gastos cada vez mais elevados, num cenário de recursos escassos. Rediscussão de modelos de negócios, busca por soluções integradas, eficiência operacional, melhor a prestação de serviços e discussões sobre desinvestimento e investimento somente podem ser feitas de forma apropriada com o uso da ATS. A proposta do NUTES é aplicar ao longo de 2021 as ferramentas e processos idealizados in loco.

Compartilhe suas ideias ou dúvidas com os autores!

Sabia que o maior estímulo no desenvolvimento científico e cultural é a curiosidade? Deixe seus questionamentos ou sugestões para o autor!

Faça login para interagir

Tem uma dúvida ou sugestão? Compartilhe seu feedback com os autores!