Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, Brasil
28 de abril a 1º de maio de 2018

Paulo Freire, Patrono da Educação Brasileira, é um dos pensadores mais influentes do Século XX e defensor da educação para a liberdade e para a justiça social. Com mais de um milhão e meio de cópias vendidas em todo o mundo, o livro Pedagogia do Oprimido, de Paulo Freire, divulgou as ideias desse autor pelos cinco continentes do planeta. Ele é, sem dúvida alguma, o educador brasileiro mais conhecido na face da Terra. A sua obra deixa um legado global e é por isto que este evento foi novamente organizado; agora, em seu próprio país, o Brasil.

O I Congresso Internacional Paulo Freire: O Legado Global (International Conference Paulo Freire: The Global Legacy) foi realizado em Kirikiriroa (ou Hamilton, nome dado pelos colonizadores europeus), na Nova Zelândia, em 2012.

A intenção de realização deste II Congresso Internacional Paulo Freire: O Legado Global (2nd International Conference Paulo Freire: The Global Legacy) foi dar continuidade a essa brilhante iniciativa das/dos colegas neozelandesas/es para que o evento volte a ser realizado nos próximos anos e em diferentes partes do mundo.

Belo Horizonte, cidade que comemorou 120 anos em 2017, foi escolhida para abrigar esse evento. E a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que completou 90 anos também em 2017, é a instituição universitária que recebeu as/os convidadas/os e participantes nacionais e internacionais para discussões em torno da obra de Paulo Freire.

Em 2018, a Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FaE/UFMG) comemorou 50 anos de existência. Há realmente muito o que comemorar em termos de suas conquistas institucionais! Por exemplo, o Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE/FaE/UFMG) é considerado de excelência e de padrão internacional ao receber, nos últimos anos, repetidas avaliações com a nota máxima (Conceito 7, CAPES). No ano de 2017, o PPGE/FaE/UFMG, seguindo uma Resolução interna da Universidade (Resolução CEPE/UFMG 02/2017, de 4 de abril de 2017), aprovou um programa de reserva de vagas (“cotas”) para o Mestrado e para o Doutorado, destinando a metade delas para candidatas/os negras/os. Além disso, foram abertas vagas suplementares para candidatas/os indígenas e para candidatas/os com necessidades especiais. A FaE/UFMG comemora ainda dez anos de experiências exitosas no ensino de graduação por meio de seus programas de formação de educadoras/es indígeans (FIEI) e de educadoras/es do campo (LeCampo). Na extensão, um dos maiores programas da UFMG, o Programa de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA), completou 30 anos de atividades de certificação de trabalhadoras/es que tiveram um de seus direitos básicos negados ao longo de suas trajetórias: o direito à educação básica! Além disso, esse Programa contribuiu com a formação de centenas de educadoras/es que tiveram ali não apenas suas primeiras experiências docentes, mas também a oportunidade de se iniciarem na profissão docente por meio da participação em experiências diferenciadas, do ponto de vista pedagógico, e comprometidas social e politicamente.

Por fim, todos esses argumentos não apenas justificaram a continuidade da realização do II Congresso Internacional Paulo Freire: O Legado Global (2nd International Conference Paulo Freire: The Global Legacy), mas a sua organização no Brasil e, mais especificamente, na Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FaE/UFMG). Esta foi uma experiência realmente transformadora para todas/os as/os participantes!

Trabalhos por eixo temático