75224

ASSOCIAÇÃO DE DEPRESSÃO E DOENÇA PERIODONTAL DURANTE A GRAVIDEZ: ESTUDO TRANSVERSAL ANINHADO À COORTE BRISA

Favoritar este trabalho

Objetivos: Investigar a associação entre sintomas de depressão e doenças periodontais em gestantes. Métodos: Trata-se de um estudo transversal aninhado à coorte "Fatores etiológicos do nascimento pré-termo e consequências de fatores perinatais na saúde da criança: coortes de nascimento em duas cidades brasileiras- BRISA" realizado entre março de 2010 e junho de 2011 em 1447 gestantes. Os sintomas depressivos foram avaliados através da Escala de Rastreamento populacional para depressão do Centro de Estudos Epidemiológicos. Os parâmetros clínicos avaliados foram Índice de Placa Visível, Sangramento à Sondagem, Profundidade Clínica de Sondagem e Nível de Inserção Clínica. A associação dos sintomas depressivos e doença periodontal foi estimada por Razões de Prevalência e Intervalos de Confiança a 95% em análises de regressão de Poisson com ajustamento para as variáveis sugeridas pelo Gráfico Acíclico Direcionado , considerando alpha de 5%. Resultados: Tanto no modelo de efeito total ajustado para idade, escolaridade, renda e obesidade (RP=1.00; IC95%0.86-1.17; p=0.94) como no modelo de efeito direto ajustado para idade, consumo de bebidas, fumo, diabetes, hipertensão, obesidade e biofilme dentário (RP=1.05; IC95% 0.90-1.22; p=0.50), sintomas severos de depressão não foram associados à doença periodontal. Conclusão: Sintomas severos de depressão não foram associados à doença periodontal.