USO DE SERVIÇO ODONTOLÓGICO NO ÚLTIMO ANO ENTRE ADULTOS DA ZONA URBANA DE PELOTAS

Vol 2, 2021 - 140280
Pôster Eletrônico - PE05 - Epidemiologia da saúde bucal (TODOS OS DIAS)
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

Objetivos: Medir a utilização de serviços odontológicos no último ano pela população adulta, residente na zona urbana da cidade de Pelotas- RS e os fatores associados ao uso do serviço. Métodos: Estudo transversal realizado com adultos de 18 anos ou mais residentes da zona urbana de Pelotas. Inicialmente seria um estudo de base populacional, mas foi interrompido pela pandemia de Covid-19. A amostra de 827 pessoas entrevistadas, representam aproximadamente 25% das pesssoas previstas para o estudo. Uma análise bivariada com teste qui-quadrado foi realizada entre as variáveis sociodemográficas (sexo, idade, cor da pele, classe social e escolaridade), de saúde bucal (dor nos últimos 6 meses e autopercepção de saúde bucal) e o desfecho de uso no último ano. Resultados: A prevalência de uso de serviço odontológico no último ano foi de 47,01% . A prevalência de utilização de serviços odontológicos foi maior entre jovens de 18 a 35 anos, de classe social e escolaridade mais altras . Também foi maior entre as pessoas que relataram dor de dente nos últimos 6 meses e que tinham autopercepção muito boa de saúde bucal. Conclusão: Apenas 47% dos entrevistados visitou o dentista no último ano, sendo este uso mais prevalente entre jovens, de escolaridade e classe social mais altas, com relato de dor de dente nos últimos 6 meses e autopercepção de saúde bucal muito boa. Esses resultados apontam para o maior uso entre grupos específicos da sociedade, demonstrando que ainda podemos observar desigualdades na utilização e acesso ao serviço odontológico.

Eixo Temático
  • Epidemiologia da saúde bucal