80006

ESTUDO DO MELHORAMENTO DE SEMENTES COM USO DO TRATAMENTO DE METABÓLITOS ENDOFÍTICOS

Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

O melhoramento de sementes tem sido um grande negócio, com isso pesquisas utilizando controle biológico de pragas e patógenos estão sendo amplamente estudados. Neste sentido, os microorganismos endofíticos ganham destaque, visto queatuam dentro dos tecidos vegetais sem causar qualquer dano ao hospedeiro, gerando algumas vantagens. Dessa forma, o presente estudo utilizou 4 diferentes metabólitos secundários de endofíticos para avaliar a qualidade fisiológica de sementes de soja através dos testes de germinação e tetrazólio. Neste experimento foram utilizadas as cultivares de soja CD 201, CD 202 e CD 214 RR, e a técnica do pré-condicionamento comimersão e sem imersãodas sementes nos metabólitos, em seguida as sementes foram submetidas ao teste de germinação e teste de tetrazólio. Os resultados obtidos indicaram indícios de aumento nos níveis de germinação para os quatro metabólitos e para os dois tratamentos (com imersão e sem imersão). Quando comparadas as cultivares CD 214RR e CD 201 todos os metabólitos contribuíram para uma melhora relativa na germinação, mostrando que o uso direto de metabólitos produzidos por endófitos isolados de plantas medicinais foram positivos na maioria das variedades analisadas,apresentando resultados relativamente maiores em relação às amostras controles, indicando que os metabólitos de isolados de endofíticos podem ter atuado como promotores da germinação.