79616

500 ANOS DE REFORMA PROTESTANTE E A (IN)JUSTIÇA SOCIAL

Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

Em 2017 completa-se quinhentos anos da reforma protestante, data que toma como referência a emblemática proposta de Martinho Lutero pregada nas portas da Catedral de Wittemberg. O presente trabalho reside em questionar e revisar os avanços no que tange a justiça social em nível prático e simbólico, dado que este preceito foi tão fundamental a este movimento e seus pensadores/reformadores. Para tal, inicialmente, busca-se analisar do ponto de vista comparativo com as perspectivas bíblicas o conceito de justiça social, em seguida, os fundamentos ensinados pelos reformadores, para por fim, avaliar de que forma as igrejas protestantes atuais têm contribuído com os menos favorecidos socialmente, ou seja, pretende-se avaliar os pontos de continuidade e ruptura no contexto das Igrejas protestantes desde a reforma.