59210

REVISÃO INTEGRATIVA COMO ETAPA INICIAL PARA VALIDAÇÃO DO DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM PADRÃO DE SONO PREJUDICADO.

Favorite this paper

Introdução: A Revisão Integrativa da literatura deve ser realizada seguindo padrões metodológicos rigorosos, fornecendo ao leitor subsídios para a prática e avanço da enfermagem. É recomendada como etapa inicial dos estudos de validação dos diagnósticos de enfermagem, pois fornece auxílio na construção das definições conceituais e operacionais das Características Definidoras (1), que se referem, respectivamente, ao significado teórico (2) e ao significado capaz de comunicar como determinado conceito é aplicado. (3) Objetivo: Elaborar as definições conceituais e operacionais das Características Definidoras do Diagnóstico de Enfermagem Padrão de Sono Prejudicado por meio de revisão integrativa da literatura. Método: A busca foi realizada no mês de dezembro de 2016 utilizando-se 16 descritores e uma palavra chave segundo MeSH (Medical subject Headings of U.S. National Library of Medicine) para as bases de dados COCHRANE, SCOPUS e MEDLINE (Medical Literature Analysis and Retrieval System Online) ; DeCS (Descritores em Ciências da Saúde) para a base de dados LILACS (Latin American and Caribean Health Science Literature Database); títulos CINAHL para a base de dados CINAHL (Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature) e EMTREE para a base de dados EMBASE (The Excerpta Medica Database). Os critérios de inclusão foram artigos de pacientes com idade igual ou superior a 18 anos, com diagnóstico de Síndrome Coronariana Aguda independentemente de terem sofrido intervenção cirúrgica ou conservadora. Foram considerados estudos que abordassem indicadores clínicos e fatores contribuintes da alteração do padrão de sono nos pacientes em questão, internados em Unidades de Internação Cardiológica ou Unidades de Cuidados Coronarianos, publicados em idioma inglês, português ou espanhol, sem limite temporal para data de publicação. Os critérios de exclusão foram artigos em formatos de editoriais, cartas ao leitor, resumos de congressos e repetidos em outras bases de dados já pesquisadas. Após leitura de título e resumo dos artigos encontrados (2827) restaram 61 e após exclusão dos duplicados (18), 43. Destes, 33 foram excluídos após leitura flutuante, totalizando um número de 10 artigos para a inclusão na Revisão Integrativa. Importantes achados relacionados ao sono de pacientes internados com Síndrome Coronariana Aguda foram encontrados, porém para a realização das definições operacionais e conceituais das Características Definidoras foi também necessário a consulta na literatura cinzenta por meio de livros textos e dicionário.
Resultado: Foram realizadas as definições operacionais e conceituais das seis Características Definidoras do Diagnóstico de Enfermagem Padrão de Sono Prejudicado bem como das duas outras Características Definidoras acrescentadas após Revisão Integrativa. A seguir apresenta-se um exemplo da elaboração das definições de uma Característica Definidora: Despertar não intencional que tem por definição conceitual: Sair do sono espontaneamente ou por fator externo, sem intenção; e definição operacional: Paciente relata que acordou durante a noite, não intencionalmente.
Conclusão: Como primeira etapa para validação de diagnósticos de enfermagem a Revisão da literatura subsidia a construção das definições operacionais das Características Definidoras do diagnóstico de enfermagem Padrão de Sono Prejudicado e possibilita a validação de conteúdo por especialistas e posteriormente a validação clínica em pacientes internados com Síndrome Coronariana Aguda.