45544

TEMPO DE LIMPEZA DE SALA OPERATÓRIA: INDICADOR DE PRODUTIVIDADE CONTRIBUINDO PARA A GESTÃO DA QUALIDADE

Favorite this paper

Introdução: Limpeza hospitalar é o processo de remoção de sujidades. O tempo de turnover é compreendido entre a saída de um paciente da sala operatória até a entrada do próximo, neste período, está incluso o tempo de limpeza. Processo importante para a prevenção de infecções bem como para a agilidade do procedimento cirúrgico, com o intuito de aumentar a produtividade da unidade. Objetivo: Verificar o tempo de limpeza concorrente de sala operatória de um centro cirúrgico de hospital escola do Sudeste do Brasil. Método: Descritivo, exploratório, quantitativo, retrospectivo (2015), documental, realizado em um centro cirúrgico composto por 26 salas operatórias, de um hospital escola de porte extra, nível quaternário, a amostra abrangeu registros realizados pelas enfermeiras da unidade que coletam aleatoriamente o tempo referente ao turnover de sala cirúrgica. O tempo de limpeza foi dividido em três variáveis, sendo, tempo pré limpeza que compreende a liberação da sala pela equipe de enfermagem para a equipe de limpeza, tempo de limpeza é o tempo em que a equipe de limpeza realiza o procedimento e tempo total que compreende o tempo pré limpeza e tempo de limpeza. Resultados: Foram atendidos 17.367 pacientes que realizaram 24.454 procedimentos, a amostra compreendeu 4.160 (24%) registros, sendo 2.156 (52%) SUS e 2.005 (48%) convênios/particulares. A média do tempo pré limpeza foi 3 minutos, do tempo de limpeza foi 7 minutos e o tempo total foi 10 minutos. Para SUS o tempo pré limpeza foi 3 minutos, o de limpeza foi 6 minutos e o tempo total 9 minutos, para convênios e particulares o tempo pré limpeza foi 4 minutos, o de limpeza 7 minutos e o tempo total 11 minutos. A média do tempo de turnover nesse período foi 27 minutos, dessa forma a proporção do tempo total de limpeza é 37% do tempo de turnover. Discussão: Em estudo semelhante realizado em centro cirúrgico do mesmo porte o tempo de limpeza encontra-se inferior ao do presente estudo (7,1 minutos), no entanto, o tempo de turnover foi superior (35,6 minutos) e a proporção do tempo de limpeza em relação ao turnover foi inferior ao deste estudo (19%). Em estudo realizado em hospital de grande porte que realiza média de 500 cirurgia/mês, dados semelhantes foram encontrados. A média do tempo de limpeza foi ligeiramente superior ao do presente estudo (12 minutos) e o turnover ligeiramente inferior (22 minutos) a proporção foi superior (55%). Em relato de experiência realizado em centro cirúrgico de hospital privado constatou que o controle de turnover promove maior produtividade proporcionando vantagens a todos envolvidos. Conclusão: Conclui-se que o tempo de limpeza representa uma proporção considerável do turnover de sala cirúrgica, controlando o mesmo, pode-se promover agilidade deste processo, garantindo uma maior produtividade da unidade e satisfação dos clientes.