45573

APRIMORAMENTO DE ENFERMAGEM EM CENTRO CIRÚRGICO: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Favorite this paper

Introdução: O centro cirúrgico é um ambiente restrito de estruturas complexas, onde são realizados procedimentos anestésicos – cirúrgico. O profissional de enfermagem tem um papel de grande relevância, pois deve ter uma dinâmica de trabalho, com habilidades para lidar com diversas situações. O Programa de Aprimoramento Profissional, modalidade de Ensino de Especialização Lato Sensu tem como finalidade formar graduados em especialistas na área de atuação, com a duração de 12 meses e jornada semanal de 40 horas, constituindo-se de atividades teóricas (20%) e práticas (80%). Devido às atividades desenvolvidas e as experiências vivenciadas no programa, justifica-se a realização desse estudo. Objetivo: Descrever um relato de experiência de alunas do Programa de Aprimoramento de Enfermagem em Centro Cirúrgico. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo do tipo relato de experiência realizado no Centro Cirúrgico de um hospital de ensino situado no noroeste paulista, durante o aprimoramento têm-se a vivência de centro cirúrgico, sala de recuperação pós-anestésica e centro de materiais e esterilização. O centro cirúrgico possui 24 salas operatórias, 34 leitos de sala de recuperação pós-anestésica e a central de materiais atende todo complexo hospitalar, ambulatório e banco de sangue, realiza-se média de 2.200 procedimentos cirúrgicos/mês, relatando as experiências vivenciadas no campo de atuação do período de março a junho de 2016. Resultados: Nos primeiros dias foi realizada a integração, conhecimento da unidade, dos protocolos e rotinas da instituição, bem como a subdivisão das atividades realizadas por cada aprimoranda em suas respectivas unidades. No decorrer dos dias foram desenvolvidas as atividades práticas e teóricas de acordo com a carga horária estabelecida, sugestões de referências bibliográficas e um roteiro para a implementação das atividades. A adaptação na unidade ocorreu progressivamente, pois no inicio se tratava de um ambiente desconhecido com suas particularidades, o que acarretou numa certa insegurança e ansiedade, após o período de adaptação do primeiro campo de atuação percebeu-se desenvolvimento gradual na atuação e habilidades como enfermeiro das unidades. Discussão: O contato do enfermeiro recém-formado com o ambiente perioperatório traz experiências e habilidades, acarretando preparo profissional qualificado. Nas atividades práticas do profissional de enfermagem faz parte o processo de treinamento habilidades específicas para realizar as tarefas diárias e desenvolver a compreensão dos conflitos causados por eventos internos, que combinados com acontecimentos externos ou interpessoais, são muitas vezes geradores de ansiedade. Conclusão: Participar do Programa de Aprimoramento tornou-se uma oportunidade ímpar para o desenvolvimento e capacitação das habilidades técnico-científico. Construindo um profissional com um novo olhar para enfermagem.