45771

UM CHAPÉU E A VIVÊNCIA DA IDENTIDADE COM BEBÊS

Favorite this paper

A creche é o espaço onde os bebês se relacionam com outros de sua idade. Segundo Rinaldi (2012) é neste ambiente que revelam seu co-protagonismo na construção do mundo que os cercam, na construção da identidade, autonomia diante do mundo que vai para além de si. A experiência vivida no CECI/ UNICAMP com bebês de 6 meses a 1 ano e 3 meses usa a música como elemento desencadeador de tais vivências de reconhecimento de si e do outro. Na dinâmica do chapéu cantamos uma música, que ao mencionar o nome de cada criança deve ser colocado o chapéu em sua cabeça. A partir das repetições e pedidos de forma não-verbal das próprias crianças, que demonstraram seu desejo pela música ao trazer-nos o chapéu ou utilizando outros materiais na cabeça como baldes, peneiras, batendo palmas, levando o chapéu aos colegas, reconhecemos o quanto esta vivência tem sido significativa para suas interações e percepção de si e do outro no espaço coletivo.