Favorite this paper

Este relato descreve as experiências vividas em um Centro de Educação Infantil na Prefeitura Municipal de Campinas, por professores e monitores, com crianças de 0 a 02 anos, destacando-se a importância de se construir um ambiente afetivo para o desenvolvimento dos pequenos tendo como pano de fundo a literatura. Nessa perspectiva, nos baseamos em Reyes (2014) sobre a literatura e a relação com as emoções e Vigotski (2003) sobre a importância das emoções em todos os momentos do processo educativo. Oferecemos às crianças, a princípio, na sala, o contato com livros, contação de histórias, dramatizações (fantoches, fantasias etc). Com a nossa observação e reflexão, o trabalho transbordou para o parque. Observamos o envolvimento das crianças com os livros e objetos, o uso da imaginação para construir, significar, elaborar suas emoções com a mediação de educadores. Contando histórias, manipulando vagens colhidas das árvores, observamos significativa mudança na relação, expressão e interação.