49249

ALGUMAS MARCAS - A arte com bebês

Favorite this paper

Este trabalho tem sido realizado no CECI/UNICAMP com bebês de 6 meses a 1 ano e 3 meses realçando a importância da arte, das experiências sensórias e do protagonismo infantil nas vivências artísticas. Fundamentadas por Ostetto (2006; 2011) e Holm (2007) destacamos que tais experiências desenvolvidas demonstram que a arte com bebês possibilita o contato com o novo, trata-se de uma experimentação, que engloba o ser como um todo, já que para a criança o conhecimento não é algo fragmentado, é apreendido com todo seu corpo e potencialidades. Também destacamos a importância do adulto como co-participador, imerso na experiência, vivendo-a sem a preocupação com o resultado final, e sim com o processo e atento as particularidades de cada bebê ao vivenciar esse momento. Relataremos duas experiências vividas, seu processo, reflexões a partir desta ótica em que o bebê é visto como produtor de cultura, artífice de sua história.