60839

CURRÍCULO NÔMADE E FORMAÇÃO DOCENTE: EXPERIMENTAÇÕES NOS ESTUDOS DO CORPO

Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

Este texto apresenta o trabalho realizado nos Estudos do Corpo, projeto de extensão que está no 6º ano, onde professores e estudantes de licenciatura se encontram para estudar e discutir os temas corpo, criação e educação em movimento. Para pensar os citados temas se faz necessário discutir modos de operar com um currículo nômade. Assim busca, metodologicamente, traçar um breve histórico do respectivo projeto, apresentando sua organização curricular e seus movimentos, realizando articulações com os estudos de currículo numa perspectiva pós-estruturalista. Tendo como referencial pesquisadores que discutem currículo nômade, movimentos do currículo e criação, como: Corazza (2008 e 2012), Sardagna e Corazza (2013), Paraíso (2010, 2015) e Munhoz e Domênica (2015). Com isso é possível pensar que um currículo nômade possibilita produzir movimentos em atividades voltadas para a formação de professores apresentando possibilidades de criação no encontro com um pensamento curricular.