38341

ESPECTROSCOPIA DE INFRAVERMELHO PRÓXIMO APLICADA A PETRÓLEOS BRUTOS

Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

NIR utiliza um feixe de luz que reflete em contato com partículas cristalinas. A variação no tamanho destas, altera a intensidade da absorção da luz. Isto é útil na avaliação da remoção do histórico térmico (HT) em petróleo. Neste trabalho, empregou-se NIR em petróleos parafínicos para verificar o tempo necessário para remoção HT à temperatura fixa. Ao se apagar o HT assegura-se que não existam núcleos de crescimento pré-existentes. Para isso, utilizou-se o equipamento FTLA 2000 da ABB, com sonda de transreflectância, que ficou imersa em petróleo parafínico durante o aquecimento do óleo em Becker encamisado. Medidas de NIR foram coletadas a cada 20min durante 4h corridas, totalizando 13 espectros. Ao final, verificaram-se as variações das linhas de base dos espectros em função do tempo. A partir do momento em que as variações cessaram, cerca de 40 min, consideraram-se solubilizadas as parafinas. Assim, NIR mostra-se satisfatório na avaliação da remoção de HT em óleos parafínicos.