Situação da mortalidade materna no município do RJ - o desafio continua!

Vol 2, 2019 - 113924
Pôster
Favoritar este trabalho
Como citar esse trabalho?
Resumo

A pesquisa apresenta uma discussão sobre a mortalidade materna no município do Rio de Janeiro/RJ, buscando melhor entendimento das principais causas dos óbitos e análise da relação com as variáveis sociodemográficas das mulheres. Utilizou-se como metodologia o estudo epidemiológico quantitativo de abordagem descritiva, baseado em dados secundários obtidos no DATASUS. A amostra foi constituída pelos óbitos maternos de mulheres residentes no município do Rio de Janeiro, no período de 2000 a 2016. Foram analisadas as variáveis sociodemográficas (faixa etária, raça/cor, estado civil e escolaridade) e as variáveis relacionadas aos óbitos (causa básica, classificação, momento do óbito e local de ocorrência). Os resultados revelaram que a Razão de Mortalidade Materna (RMM) do município do Rio de Janeiro é elevada, de acordo com a média estabelecida pela Organização Mundial da Saúde, e superior a RMM brasileira. Cabe ressaltar ainda uma estagnação da RMM nos últimos anos. Identificaram-se como características epidemiológicas dos óbitos maternos, a faixa etária de 20 a 29 anos (41%), raça / cor parda (42%), estado civil solteira (70%) e baixa escolaridade (50%). Quanto a classificação dos óbitos, verificou-se que a maioria foi classificada como morte materna obstétrica direta (65%), sendo os transtornos hipertensivos a principal causa básica. A maior proporção do óbitos ocorreram no período puerperal, em até 42 dias após o parto (58%) e em unidade hospitalar (94%). Conclui-se que a redução da mortalidade materna permanece como um desafio no Município do Rio de Janeiro. A Atenção Básica tem papel fundamental na prevenção dos óbitos, através da coordenação do cuidado, da identificação do risco reprodutivo e oferta do planejamento familiar e do acompanhamento qualificado da mulher.

Instituições
  • 1 PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO- SMS
  • 2 PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO-SMS
Palavras-chave
QC22 Saúde da mulher
A96 Morte
W84 Gravidez