49302

A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES: CONSTRUINDO IDENTIDADES DOCENTES INCLUSIVAS OU EXCLUDENTES?

Favoritar este trabalho Entre em contato com os autores

Na presente pesquisa buscou-se compreender como se constitui o processo de construção da identidade do aluno docente no curso de formação inicial, a partir dos saberes docentes do professor formador, e se essa identidade construída se aproxima de uma perspectiva inclusiva ou excludente. A pesquisa foi realizada com professores-formadores do curso de Pedagogia e com alunos do referido curso, onde se utilizou como instrumentos metodológicos o questionário e a entrevista não-estruturada. Na análise de conteúdo fundamentada em Bardin(1977), verificou-se que a grande maioria dos professores-formadores apresenta concepções integradoras, realiza uma prática pedagógica excludente, não mobiliza saberes relacionados à educação da pessoa com deficiência. Entretanto, ao voltar à análise para o aluno-docente foi possível encontrar uma identidade construída pautada em princípios inclusivos. Constatou-se, portanto, que a mudança na forma de ver a pessoa com deficiência não foi proveniente dos saberes teóricos construídos em sua formação, mas atribuem essa mudança à relação estabelecida com os colegas surdos na Universidade.