28691

SÍNDROME DE SHORT: RELATO DE CASO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Favorite this paper

O artigo traz uma análise sobre a inclusão de uma criança na educação infantil com uma síndrome rara trazendo reflexões sobre as práticas pedagógicas e o convívio no contexto escolar.
A síndrome de short é caracterizada pela baixa estatura, articulações e/ou hérnia hiperextensíveis, depressão ocular, Reiger anomalia, atraso na saída dos dentes. Com isso, esse trabalho tem como objetivos principais estabelecer uma reflexão entre os profissionais sobre essa síndrome para que estudantes sejam incluídos no contexto escolar, apresentar as origens e os aspectos fenotípicos da síndrome, como também relatar aspectos relacionados à inclusão de uma criança com uma síndrome rara no contexto da educação infantil.
A metodologia utilizada envolve estudos que trazem uma abordagem sócio-histórica de Vigotski, de natureza qualitativa que se configura como um estudo de caso, uma análise da bibliografia dos autores envolvidos, a coleta de informações por meio de entrevistas. Sobre os resultados desse estudo, evidenciamos a inclusão da criança na escola comum e o trabalho pedagógico à subjetividade do sujeito público alvo da educação especial.