29924

RELAÇÃO EXISTENTE ENTRE CRIANÇAS VÍTIMAS DE ABUSO SEXUAL E A ATIPICIDADE NO DESENVOLVIMENTO DOS SEUS PROCESSOS PSICOLÓGICOS

Favorite this paper

O tema do presente estudo versa sobre o impacto da violência sexual no desenvolvimento dos processos psicológicos básicos em crianças.
O objetivo é desenvolver um banco de dados sobre as principais pesquisas na área de modo a caracterizar a atipicidade no desenvolvimento dos processos psicológicos básicos de crianças vítimas de violência sexual.
Uma vez que, no contexto da educação especial, os problemas associados ao processo de diagnóstico da deficiência intelectual podem muitas vezes mascarar, em um mesmo grupo, crianças com comportamentos sob controle de situações diversas.
Compreender as atipicidades específicas da condição de violência sexual infantil no desenvolvimento dos processos psicológicos pode fornecer ao profissional, que trabalha com essas crianças, estratégias para identificar essa demanda e descaracteriza-la da condição de deficiência intelectual.
A metodologia utilizada é do tipo análise documental onde estão sendo analisados documentos legais e periódicos da área. Os resultados parciais encontrados apontaram que crianças vítimas de abuso podem sofrer atipicidades no desenvolvimento dos processos psicológicos básicos. Sendo assim é importante treinar os profissionais envolvidos a também considerarem essa possibilidade quando avaliarem o comprometimento cognitivo apresentado pelas crianças.