29132

O ATENDIMENTO PEDAGÓGICO AO ESTUDANTE COM ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO NA ESCOLA REGULAR

Favorite this paper

Avanços têm ocorrido na área das altas habilidades/superdotação (AH/SD), porém, ainda, percebe-se que mitos e ideias equivocadas dificultam que sejam inseridas novas propostas e estratégias educacionais que contribuam para o desenvolvimento das habilidades superiores no contexto da escola regular.
Este estudo teve como objetivo analisar o atendimento pedagógico disponibilizado ao estudante com AH/SD de uma escola pública de Brasília, com base na percepção desse estudante, de sua família e de seus professores.
O referencial teórico foi embasado em autores nacionais e internacionais, bem como na legislação vigente. Uma abordagem qualitativa foi utilizada neste estudo de caso; os dados foram coletados por meio de três roteiros de entrevista semiestruturada, sendo posteriormente submetidos à análise de conteúdo. Participaram desta pesquisa um estudante com AH/SD, seus pais e três de seus professores.
Os resultados indicaram que existiam, no contexto escolar, aspectos que necessitavam ser melhorados e outros a ser implantados, para que o atendimento pedagógico contribuísse de forma eficaz para o desenvolvimento do estudante. Considerou-se que a falta de interação entre o contexto familiar e educacional, a ineficiência das políticas públicas, o desconhecimento sobre AH/SD aliado a mitos e ideias equivocadas podem constituir barreiras para o atendimento pedagógico eficaz.