28535

CONVERSAS SOBRE CURRÍCULO, EDUCAÇÃO ESPECIAL E FORMAÇÃO CONTINUADA EM CONTEXTO

Favorite this paper

O texto busca levantar problematizações sobre o desafio de articulação dos currículos escolares com os pressupostos da escolarização de estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, tomando como ponto de apoio o estudo de doutorado Educação Especial e Currículo Escolar: as ações da escola a partir dos diálogos cotidianos. Encontra-se organizado em dois momentos.
No primeiro, é produzido um diálogo reflexivo-crítico com o pensamento de Meirieu (2002, 2005) e com teóricos educacionais e da Educação Especial. Em seguida, apresentamos alguns movimentos de formação continuada produzidos pelo estudo de doutoramento, envolvendo professores da Educação Básica, que possibilitou a constituição de reflexões sobre os currículos escolares no contexto da Educação inclusiva.
A pesquisa se constitui por meio da pesquisaação colaborativo-crítica e das seguintes ações metodológicos: a) observação do cotidiano escolar; b) formação em contexto; c) intervenção em sala de aula; d) entrevistas semiestruturadas. Como análise final, as reflexões apontam a importância de assumirmos os professores como mediadores do conhecimento, os alunos como capazes de aprender, o currículo como um instrumento sempre aberto a novas experiências e a escola como um cotidiano que pode ser reinventado pelas ações de seus praticantes.